Early weaning of the child of a teenage mother

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i2.25348

Keywords:

Breastfeeding; Information; Patient Assistance Team.

Abstract

Based on the problem of early weaning in children of teenage mothers, this work aims to point out the increase in incidences, clarify the importance and advantages of exclusive breastfeeding for the baby up to the 6th month of life, and also that breastfeeding is diversified from according to several factors such as socioeconomic, psychosocial, cultural and belief. Depending on the characteristics of this teenage mother and the level of knowledge about the advantages that exclusive breastfeeding provides. It is up to nursing professionals to know how to identify the problems that have caused the increase in this incidence, and the frequent occurrence of this problem, and to provide continuing education from prenatal care to postpartum for these adolescent mothers and their families, encouraging them with evidence from mothers who exclusively breastfed until the 6th month of life, and the benefits they provided to their children. This is a research, with a quantitative approach, carried out at the Marfel family clinic and the Vasco Barcelos health post in the city of Nova Iguaçu. So, knowledge on this topic is of paramount importance for nursing professionals, which requires monitoring and evaluation of these adolescent nursing mothers and the extent to which the external influence of their families can help or hinder exclusive breastfeeding, essential performance of these professionals to seek strategies to try to minimize and remedy this problem, early weaning of children of teenage mothers.

Author Biographies

Jaíra Fernandes Lima , Universidade Iguaçu

Enfermeira. Pós graduada em Emergência e terapia intensiva pela Universidade Iguaçu, Brasil.

Elaine Fernandes Morais, Universidade Iguaçu

Enfermeira graduada pela Universidade Iguaçu, Brasil.

Ana Lúcia Naves Alves, Universidade Iguaçu

Enfermeira. Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutoranda na Facultad de Humanidades Y Artes. Universidad Nacional de Rosário, UNR, Argentina.

Larissa Christiny Amorim dos Santos, Universidade Iguaçu

Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Iguaçu, Brasil.

Wanderson Alves Ribeiro, Universidade Iguaçu

Enfermeiro. Mestre e Doutorando pelo Programa Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da UFF. Docente do Curso de GraduaçãoemEnfermagem Pós-graduaçãodaUniversidade Iguaçú, Brasil.

Pedro Paulo Corrêa Santana , Universidade Federal Fluminense

Enfermeiro. Doutor em Ciências do Cuidado em Saúde pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa / Universidade Federal Fluminense (EEAAC/UFF). Especialista em Enfermagem Gerontológica pela EEAAC/UFF. Docente do curso de graduação em Enfermagem da EEAAC/UFF, Brasil.

Bruna Porath Azevedo Fassarella, Universidade Iguaçu

Enfermeira. Mestre em Urgência e Emergência. Docente do curso de Enfermagem na Universidade Iguaçu, Brasil.

Keila do Carmo Neves, Universidade Iguaçu

Enfermeira. Pós-Graduada em Nefrologia; Mestre e Doutora em Enfermagem pela UFRJ. Docente do Curso de Graduação em Enfermagem da UNIG, Brasil.

Kemely de Castro, Universidade Iguaçu

Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Iguaçu, Brasil.

Pedro Oscar Lopes Salvati, Universidade Iguaçu

Acadêmico do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Iguaçu, Brasil.

References

Alves, A. L. N., Oliveira, M. I. C. D., & Moraes, J. R. D. (2013). Iniciativa Unidade Básica Amiga da Amamentação e sua relação com o aleitamento materno exclusivo. Revista de Saúde Pública, 47, 1130-1140.

Alves, L. L., Cirino, I. P., de Sousa Santos, M., Oliveira, E. A. R., de Sousa, A. F., & de Oliveira Lima, L. H. (2018). Prevalência do aleitamento materno exclusivo e fatores de risco. Saúde e Pesquisa, 11(3), 527-534.

Andrade, F. F., Martins, L. A., Ávila V. D. I. M., & Salvador, M. (2014). Fatores associados ao desmame precoce do aleitamento materno. Revista cuidarte, 5(1), 670-678.

Azevedo, A. R. R., Alves, V. H., Souza, R. D. M. P. D., Rodrigues, D. P., Branco, M. B. L. R., & Cruz, A. F. D. N. D. (2015). O manejo clínico da amamentação: saberes dos enfermeiros. Escola Anna Nery, 19, 439-445.

Básica, B., & Complementar, B. (2007). Metodologia científica. São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Boccolini, C. S., Boccolini, P. D. M. M., Monteiro, F. R., Venâncio, S. I., & Giugliani, E. R. J. (2017). Tendência de indicadores do aleitamento materno no Brasil em três décadas. Revista de Saúde Pública, 51.

Bueno, K. C. V. N. (2013). A importância do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade para a promoção de saúde da mãe e do bebe, 28f. Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

Carrascoza, K. C., Costa Júnior, Á. L., & Moraes, A. B. A. D. (2005). Fatores que influenciam o desmame precoce e a extensão do aleitamento materno. Estudos de Psicologia (Campinas), 22, 433-440.

Carvalho, M. J. L. D. N., Carvalho, M. F., Santos, C. R. D., & Santos, P. T. D. F. (2018). Primeira visita domiciliar puerperal: uma estratégia protetora do aleitamento materno exclusivo. Revista Paulista de Pediatria, 36, 66-73.

Dadalto, E. C. V., & Rosa, E. M. (2017). Conhecimentos sobre benefícios do aleitamento materno e desvantagens da chupeta relacionados à prática das mães ao lidar com recém-nascidos pré-termo. Revista Paulista de Pediatria, 35, 399-406.

Daltro, M. C. D. S. L., da Cruz Vale, U., de Sousa, M. N. A., Castro, B. A., Suárez, L. D. A. B., & Bezerra, A. L. D. (2021). Fatores que influenciam na interrupção do aleitamento materno exclusivo em nutrizes: Fators that influence the influence the interruption of exclusive breastfeeding in nursing mothers. Brazilian Journal of Production Engineering-BJPE, 153-162.

Godoy, A. S. (1995). Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de administração de empresas, 35(2), 57-63.

Gusmão, A. M. D., Béria, J. U., Gigante, L. P., Leal, A. F., & Schermann, L. B. (2013). Prevalência de aleitamento materno exclusivo e fatores associados: estudo transversal com mães adolescentes de 14 a 16 anos em Porto Alegre, RS, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 18, 3357-3368.

Kalil, I. R., & Aguiar, A. C. D. (2016). Trabalho feminino, políticas familiares e discursos pró-aleitamento materno: avanços e desafios à equidade de gênero. Saúde em debate, 40, 208-223.

Maranhão, T. A., Gomes, K. R. O., Nunes, L. B., & Moura, L. N. B. D. (2015). Fatores associados ao aleitamento materno exclusivo entre mães adolescentes. Cadernos Saúde Coletiva, 23, 132-139.

Marques, R. D. F. D. S. V., Cunha, I. C. C., Aragón, M. G., & Peixoto, V. S. (2008). Fatores relacionados às dificuldades no aleitamento materno entre mães adolescentes da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará. Revista Paraense de medicina, 22(1), 57-62.

Minayo, M. C. (2002). Pesquisa social: teoria e método. Ciência, Técnica.

Oliveira, J. D. S., Joventino, E. S., Dodt, R. C. M., Veras, J. E. G. L. F., & Ximenes, L. B. (2010). Fatores associados ao desmame precoce entre multíparas.

Praça, F. S. G. (2015). Metodologia da pesquisa científica: organização estrutural e os desafios para redigir o trabalho de conclusão. Revista Eletrônica “Diálogos Acadêmicos, 8(1), 72-87.

Prodanov, C. C., & Freitas, E. D. (2015). Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico–2. ed.–Novo Hamburgo: Feevale, 2013. PMSB. Plano Municipal de Saneamento Básico. Prefeitura Municipal de Romaria. Minas Gerais, Romaria.

Rebouças, K. W. D. F. P., Agripino, A. A., Moraes, I. C. P., de Lima, J. M. S., & Cavalcante, R. D. (2015, October). Incentivo ao aleitamento materno e alimentação complementar saudável por meio de uma gincana educativa. In Encontro Regional Nordeste I 2015.

Santos, L. P. D., Gubert, F. D. A., Sousa, F. R. R. D., Rêgo, G. D. P., Gomes, M. A. B., & Oriá, M. O. B. (2016). Conhecimento, atitude e prática de puérperas adolescentes em relação ao aleitamento materno.

Silva, H. T. D., de Lima, J. P., de Araújo Pereira, L. C., & Castro, G. M. M. A. (2022). Uso de tecnologias de informação e comunicação como estratégia educativa sobre aleitamento materno: Relato de experiência. Revista Ciência Plural, 8(1), e24488-e24488.

Sousa, F., de Lima Claro, M., de Sousa, A. L., de Oliveira Lima, L. H., & da Silva Santana, A. G. (2015). Avanços e desafios do aleitamento materno no Brasil: uma revisão integrativa. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, 28(3), 434-442.

Souza, S. A., Araújo, R. T. D., Teixeira, J. R. B., & Mota, T. N. (2016). Aleitamento materno: fatores que influenciam o desmame precoce entre mães adolescentes. Rev. enferm. UFPE on line, 3806-3813.

Victora, C. G., Barros, A. J., França, G. V., Bahl, R., Rollins, N. C., Horton, S., & Walker, N. (2016). Amamentação no século 21: epidemiologia, mecanismos, e efeitos ao longo da vida. Epidemiol Serv Saúde, 25(1), 1-24.

Published

17/01/2022

How to Cite

LIMA , J. F. .; MORAIS, E. F. .; ALVES, A. L. N. .; SANTOS, L. C. A. dos .; RIBEIRO, W. A. .; SANTANA , P. P. C. .; FASSARELLA, B. P. A. .; NEVES, K. do C. .; CASTRO, K. de .; SALVATI, P. O. L. . Early weaning of the child of a teenage mother. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 2, p. e3311225348, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i2.25348. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/25348. Acesso em: 4 mar. 2024.

Issue

Section

Health Sciences