Food hygiene and handling as a guarantee of food safety: a prevention to reduce environmental risks in hospital units

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i2.25701

Keywords:

Food; Hygiene and handling hospital; Green marketing.

Abstract

This research aimed to propose a hygiene and food handling protocol for Hospital Santa Helena Ltda., in Redenção-PA. Food is a human right of every individual, however, eating is not limited to the practice of eating, but to having conditions to eat in a dignified manner. Therefore, producers need to expand food production, while minimizing the environmental impacts resulting from the production method, which is a major challenge in modern agriculture, which has increasingly sought chemical alternatives, such as pesticides. The concern with sustainable development has moved the global economy, because companies have social and environmental responsibility, being imposed the regulations that regulate their production in face of environmental impacts. Green marketing appears as a strategy that contributes to conscious consumption, aiming to meet this new niche in the market. Hospital Santa Helena serves approximately 500 people/month in hospital, which requires a significant amount of food, also highlighting the number of solid waste produced to serve its clientele. The food hygiene and handling protocol ranges from the choice of suppliers to the systematic preparation of food, which facilitates the practice of professionals working in the Food and Nutrition Unit-UAN. The study is a field bibliographic research, with regard to the bibliography, renowned authors who emphasize the theme were researched, while the field research was carried out at Hospital Santa Helena Ltda. in Redemption-PA. It was evident that the UAN needs a functional structure to meet legal needs, requiring good lighting as well as hygiene standards to avoid cross contamination.

Author Biography

Lourivaldo da Silva Santos, Universidade Federal do Pará

PhD in Chemistry from the Federal University of Pará.

References

Abrantes, M. M. 2016. Prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes das regiões Sudeste e Nordeste. Jornal de Pediatria. V.78, Nº4. http://www.scielo.br/pdf/ramb/v49n2/16210.

Abramovay, R. 1992. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. São Paulo: HUCITEC

.

Afonso, C. 2018. Green target: as novas tendências do marketing. 1ª ed. Portugal: Smartbook.

Almeida, F. 2016. O bom negócio da sustentabilidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Alteri, M. A. 2002. Agroecologia: Bases científicas para uma agricultura sustentável. Guaíba: Editora agropecuária.

Arnoldt, A. P. & Halmenschlager, M. & Silva, A. B. G. 2017. Avaliação da quantidade de sódio das refeições oferecidas em uam unidade de alimentação e nutrição no interior do Rio Grande do Sul. Revista Destaques Acadêmicos, v. 4, N. 3. http://www.univates.br/revistas/index.php/destaques/article/view/148.

Balleste, V. M.; Mantelli, J. 2020. Presença de resíduos de agrotóxicos nos alimentos: um enfoque no pimentão e pepino. Revista Geografia em Atos, Departamento de Geografia, Faculdade de Ciências e Tecnologia, UNESP, Presidente Prudente, n. 17, v. 2, p. 44-63, abr/2020. https://revista.fct.unesp.br/index.php/geografiaematos/article/view/6480.

Bernardo, H. D. B. Avaliação das condições higiênico-sanitárias de uma unidade de alimentação e nutrição em um presídio do Ceará. https://repositorio.ufc.br/handle/riufc/34707.

Brandão, S. V. 2020. Governança em segurança alimentar: produção e consumo de alimentos em contexto de mudanças climáticas. Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Pernambuco. https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/38046.

Barbieri, J. C. 2017. Responsabilidade social empresarial e empresa sustentável: Da teoria à prática. São Paulo: Saraiva.

Barbieri, J. C. & Cajazeira, J. E. R. 2019. Responsabilidade social. São Paulo: Saraiva.

Baker, M. J. 2015. Administração de marketing, 5. ed. Rio de Janeiro: Campus.

Brasil. CONANA Resolução nº275 de 25 de abril de 2001. www.mma.gov.br/port/conama/res/res01/res27501.html.

Brasil, Constituição Federal de 1988. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm.

Brasil. Decreto Lei nº 986 de 21 de Outubro de 1969. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del0986.htm.

Brasil. Lei nº 4.829/1965. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l4829.htm. 2017htm.

Brasil, Norma Brasileira ABNT NBR 10004/ 2004. http://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=936.

Brasil. Ministério da Saúde. Caderno de atividades: Promoção da Alimentação Adequada e Saudável: Ensino Fundamental II / Ministério da Saúde, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. – Brasília: Ministério da Saúde, 2019.

Beber, A. 2013. Hotelaria hospitalar. Revista Científica Semana Acadêmica. Fortaleza. https://semanaacademica.org.br/dissertacao/hotelaria-hospitalar.

Boerger, M. A. 2013. Gestão em hotelaria hospitalar. São Paulo: Manole.

Búrigo, F. L. & Wesz Júnior, V. J. & Capellesso, A. J. & Cazella, A. A. 2010. O Sistema Nacional de Crédito Rural no Brasil: principais continuidades e descontinuidades no período 2003-2014. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, v. 29, n. 3, p.636-668, DOI: https://doi.org/10.36920/esa-v29n3-6.

Caldas, R. M. 2020. Gerenciamento dos aspectos e impactos ambientais. São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Calgaro, C. (Org.). 2020. Constitucionalismo e Meio Ambiente, Tomo I: Democracia [recurso eletrônico] / Cleide Calgaro (Org.) -- Porto Alegre, RS: Editora Fi.

Calomarde, J. V. 2018. Marketing ecológico. Madrid: Pirâmide y ESIC Editorial.

Camargo, A. 2015. Desenvolvimento sustentável: Dimensões e desafios. São Paulo: Papirus.

Carvalho Neto, G. R. 2018. Segurança alimentar e cultivos transgênicos: um binômio para sustentabilidade? Dissertação apresentada à Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”. https://repositorio.unesp.br/handle/11449/180286.

Carvalho, J. S. & Oliveira, S. A. de. & Rosa, D. dos S. Desenvolvimento de filmes poliméricos biodegradáveis para sacolas descartáveis e sua Análise de Ecoeficiência. V Congresso Brasileiro em Gestão do Ciclo de Vida. http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFBC_bcf2aeb3de7e0873c5460893d2639d68.

Celestino, P. 2018. Nó de Normas. Notícias Hospitalares. Gestão de Saúde em Debate, vol. 4, n. 39, out./nov. 2018. https://www.inovarse.org/sites/default/files/T11_0417_1492.pdf.

Dias, L. de A. 2020. Tecnologia para descarte de resíduos agrotóxicos: avaliação de materiais alternativos no substrato de biobeds. Dissertação Mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina, 2020. https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/216540.

Dias, S. R. 2017. Gestão ambiental: responsabilidade social e sustentabilidade. São Paulo: Atlas.

Donaire, D. 2014.Gestão ambiental na empresa. 2. ed. São Paulo: Atlas.

FAO. (2003). Declaração Universal sobre a Erradicação da Fome e Má Nutrição. Roma, 2003. http://direitoshumanos.gddc.pt/3_16/IIIPAG3_16_2.htm.

Inamura, P. Y. Obtenção de biopolímeros de gelatina por radiação ionizante. http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/USP_d3d9a5a4248d6dd464ae53ccb75e2e9.

Fernandes, L. 2002. Lixo, coleção planeta saudável. São Paulo: Colis.

Ferrão, L. L. & Morais, I. C. L. de. & Ferreira, E. H. da R. 2016. Portaria CVS nº 5/2013 como ferramenta de prevenção e controle de doenças transmitidas por alimentos. Segurança alimentar e Nutricional, 23 (1). https://deposita.ibict.br/handle/deposita/132.

Ferreira, A. B. de H. 2009. Dicionário da língua portuguesa. São Paulo: Cutrix.

Ferreira, R. R. 2019. Aplicação de casca de ovo calcinada na recuperação de fósforo em estações de tratamento de esgotos domésticos. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/214640.

Figueiredo, G. W. & Soares, N. V. 2021. Agrotóxicos, revolução verde e seus impactos na sociedade: revisão narrativa de literatura. https://agbbauru.org.br/publicacoes/Alimentando2ed/pdf/Alimentando2ed-29.pdf.

Garcez, L. 2010. Lixo, coleção planeta saudável. São Paulo: Colis.

Gilson, I. K. et al.; 2020.Agrotóxicos liberados nos anos de 2019-2020: Uma discussão sobre o uso e a classificação toxicológica. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 7, p. 49468-49479 jul. 2020. https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/13653.

Haddad, C. & Ribas, D. S. 2020. Agrotóxico no Brasil: uma violação dos direitos fundamentais. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 7, p. 46968-46980, jul. 2020. https://br.boell.org/pt-br/2011/10/31/agrotoxicos-no-brasil-um-guia-para-acao-em-defesa-da-vida-0.

Kotler, P. 2013. Marketing essencial: conceitos, estratégias e casos. 5. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Lange, K. O. & Trindade, L. O. & Marques, J. da S. Sustentabilidade e marketing verde nas empresas. Revista Científica de Ajes. v.7, n. 14. http://www.revista.ajes.edu.br/index.php/rca/article/view/147/115

Lamarche, H. (Coord.). 1993. A agricultura familiar: comparação internacional. Campinas: Editora da UNICAMP.

Leal, D.2011. Práticas pensadas pelo consumidor na compra e utilização do ovo na alimentação. DOI10.11606/D.11.2011.tde-22112011-092329.

Leonardi, J. G. & Azevedo, B. M. 2018. Métodos de conservação de alimentos. Revista Saúde em Foco – Edição nº 10 – Ano: 2018. http://www.revistarede.ufc.br/rede/article/view/334.

Lima, A. E. F. & Sampaio, J. L. F. 2015. Segurança alimentar nutricional: uma perspectiva interdisciplinar e sua contribuição para as ciências humanas e ambientais. REDE - Revista Eletrônica do PRODEMA, Fortaleza, v. 9, n. 2, mar. http://www.revistarede.ufc.br/rede/article/view/334.

Londres, F. 2011. Agrotóxicos no Brasil: um guia para ação em defesa da vida. Rio de Janeiro: Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa.

Lopes, C. V. A. & Albuquerque, G. S. C.; 2021. Desafios e avanços no controle de resíduos de agrotóxicos do Brasil: 15 anos do Programa de análise de Resíduos de Agrotóxicos em alimentos. Cad. Saúde Pública 2021; 37(2):e00116219. https://www.scielosp.org/article/csp/2021.v37n2/e00116219/pt/.

Mano, E. B. & Pacheco, É. B. A. V. & Bonelli, C. M. C. 2010. Meio ambiente, poluição e reciclagem. 2. Ed. São Paulo: Blucher.

Marconi, M. A. & Lakatos, E. M. 2008. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas.

Marques, M. C. 2018. Gestão e segurança alimentar: análise dos pontos críticos da cadeia de suprimento da carne bovina: ênfase nas boas práticas de preparo. http://bdex.eb.mil.br/jspui/bitstream/123456789/3919/1/5236%20Matheus%20Castro.pdf.

Martinelli, S. S. 2018. Critérios para aquisição e consumo de alimento no desenvolvimento de sistemas agroalimentares saudáveis e sustentáveis. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição. https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/189327.

Martinelli, M. L. 1999. Pesquisa qualitativa: um instigante desafio. São Paulo: Veras Editora.

Melo, T. S. 2018. Frequência e preferência do consumo de carnes bovina, suína e aves por praticantes de exercícios físicos nas academias da cidade de Redenção-Pará. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, Vol. 11, Nº. 61, 2017, págs. 87-92. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5771925.

Mendonça, D. J. &Castro, M. P. 2019. A agroecologia como sistema alimentar alternativo e sustentável para realizar a segurança alimentar e garantir o direito humano à alimentação adequada. Centro Universitário de Brasilia –UniCEUB Faculdade de Ciências da Educação e Saúde curso de Nutrição, Brasília, 2019. https://repositorio.uniceub.br/jspui/handle/prefix/14588.

Minayo. M. C. de S. 2002. Pesquisa social. Petrópolis, RJ: Vozes.

Moraes, M. D. C. 1998. De camponês a agricultor familiar: imagens do campesinato, como identidades na ordem da razão. In: Raízes, Campina grande, nº 17, p.121-134, jun. 1998. http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/fragmentos/article/viewFile/622/491.

Morais, M. de O. & Lima, L. A. da S. & Santos, M. S. Uma alternativa para a reutilização do óleo de cozinha: aplicação da logística reversa favorecendo as questões ambientais. Research, Society and Development, v. 10, n. 10. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i10.19055.

Morales, T. S. P. & Vieira, V. B. R. 2019. Conhecimento dos manipuladores de alimentos sobre boas práticas de manipulação. http://revistas.unilago.edu.br/index.php/revista-cientifica/article/view/185.

Nonino-Borges, C. B. & Rabito, E. I. & Ferraz, C. A. & Chiarello, P. G. & Santos, J. S. & Marchini, J. S. 2006. Desperdício de alimentos intra-hospitalar. Rev. Nutr., Campinas, 19(3):349-356, maio/jun., 2006.

Palitot, L. E. B. T. & Moraes, M. S. & Moura, J. E. F. dos S. & Lins, A. D. F. & Oliveira, A. P. de, & Quirino, D. J. G. (2017). Avaliação microbiológica de sucos ofertados em uma Unidade de Alimentação e Nutrição Hospitalar. Agropecuária Técnica, 38(4), 200–205. https://doi.org/10.25066/agrotec.v38i4.29070

Paula, M. M. de. & Oliveira, A. L. de & Silva, J. L. G. da. Promoção da saúde e produção de alimentos na agricultura familiar. Revista Interação Interdisciplinar v. 01, nº. 01, p.50-67, Jan -Jul., 2017. https://www.unifimes.edu.br/ojs/index.php/interacao/article/view/145.

Perske, R. C. F. 2004. Sistemas agroflorestais em pequenas propriedades no Município de Hulha Negra. Monografia apresentada ao curso de Pós Graduação em Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Gestão Ambiental) da Universidade da Região da Campanha. https://docplayer.com.br/storage/24/3418864/3418864.pdf.

Pessoa, V. L. S. 2020. O paradoxo da Revolução Verde no Cerrado. Élisée - Revista De Geografia Da UEG, 9(2), e922013. https://www.revista.ueg.br/index.php/elisee/article/view/10878.

Philippi JR, A. & Pelicioni, M. C. F. 2018. Educação ambiental e sustentabilidade. 2. ed. Barueri, SP: Manole.

Picchi, A. V. & Matias, A. C. G. & Spinelli, M. G. N. 2019. Uso e conservação de equipamentos de proteção individual (EPIS) em uma unidade de alimentação e nutrição hospitalar. Revista Univap - revista.univap.br, v. 25, n. 49, dez. 2019. ISSN 2237-1753. http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap/article/view/389.

Pinochet, L. H. C. & Galvão, C. R. 2015. Aspectos humanos na gestão hospitalar. Revista o mundo da saúde. v.34, n. 4. https://revistamundodasaude.emnuvens.com.br/mundodasaude/article/view/593.

Pimentel, R. C. 2016. Análise da estrutura física de uma unidade de alimentação e nutrição hospitalar do Distrito Federal. Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo. https://bdm.unb.br/handle/10483/478.

Portugal, A. D. 2004. O desafio da agricultura familiar. http://www.embrapa.br/imprensa/artigos/2002/artigo.2004-12-07.2590963189.

Rocha C. 2017. Segurança Alimentar e Nutricional: perspectivas, aprendizados e desafios para as políticas públicas Rio de Janeiro: Fiocruz.

Rosa, C. R. 2020. Impactos ambientais: direito agrário e agronegócio. Curitiba: Contentus.

Santos, G. S. dos. 2020. Investigação sobre a temática alimentação: percepções de docentes em formação continuada. Tese (Doutorado em Ensino em Biociências e Saúde) - Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro. https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/43259.

Senhoras, E. M. 2017. A cultura na organização hospitalar as políticas culturais de coordenação de comunicação e aprendizagem. RECIIS – R. Eletr. de Com. Inf. Inov. Saúde. Rio de Janeiro, v.1, n.1, p.45-55, jan.-jun., 2017.

Silva, D. da, C. C., 2019. Sustentabilidade Corporativa. In: Anais VI Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia - SEGeT, Resende.

Silva, J. E. V. C. & Martins, M. M. de S. & Pacheco, M. J. B. & Mendonça, M. de S. Estratégias e tecnologias sustentáveis na agricultura. https://downloads.editoracientifica.org/articles/200901208.pdf.

Silva, E. & OLIVEIRA, D. 2015. Os Sistemas de Gestão em Segurança e Saúde no Trabalho em Auxílio à Prevenção de Acidentes e Doenças Ocupacionais. Revista de Gestão em Sistemas de Saúde - RGSS, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 140-156, jul./dez. 2015. http://www.revistargss.org.br/ojs/index.php/rgss/article/view/23/0.

Silva, R. M. 2019. Gestão hospitalar e meio ambiente: uma reflexão sobre os processos de gerenciamento de efluentes em lavanderias hospitalares. Monografia (Graduação em Engenharia de Produção) - Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, João Monlevade, 2019. http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/1951.

Souza, E. N. & Georges, Ma. R. R. 2020. Gestão de operações e sustentabilidade: um panorama na Hospitais Acreditados do Estado de São Paulo. Revista Observatorio de la Economía Latinoamericana, ISSN: 1696-8352, (agosto 2020). https://www.eumed.net/rev/oel/2020/08/hospitais-sao-paulo.html

Souza, P. M. de. & Fornazier, A. & Ponciano, N. J. & Ney, M. G. 2011. Agricultura Familiar versus agricultura não familiar: uma análise das diferenças nos financiamentos concedidos no período de 1999 a 2009. Revista Econômica do Nordeste. https://www.bnb.gov.br/revista/index.php/ren/article/view/134

Spinelli, S. M. C. 2020. Segurança alimentar, a soberania alimentar e a globalização. Curitiba: Contentus.

Toscano, L. F. 2005. Agricultura familiar e seu grande desafio. http://www.agr.feis.unesp.br/dv09102003.htm.

Veiga, J. E. da. 2018. Cidades Imaginárias – o Brasil é menos urbano do que se calcula. Campinas: Editora da Unicamp.

Vieira, Á. P. 2010. Ciência e Existência: problemas filosóficos da pesquisa científica. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Voltolini, R. 2016. Modelos e ferramentas de Gestão Ambiental Desafios e perspectivas para as organizações.. São Paulo: Editora SENAC.

WBCSD: World Business Coucil for Sustainable Development. A ecoeficiencia: Ciara mais valor com menos impacto. Lisboa – Portugal, 2017.

Zanin, M. & Marcini, S. D. 2014. Resíduos plásticos e reciclagem aspectos gerais e tecnologia. São Carlos: EDUFSCar.

Published

22/01/2022

How to Cite

MARTINS, K. de S. .; SANTOS, L. da S. . Food hygiene and handling as a guarantee of food safety: a prevention to reduce environmental risks in hospital units. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 2, p. e17411225701, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i2.25701. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/25701. Acesso em: 20 feb. 2024.

Issue

Section

Health Sciences