The difficulties encountered by teachers in remote teaching during the pandemic of COVID-19

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i2.25709

Keywords:

Difficulties and challenges; Remote teaching; Pandemic.

Abstract

The change from face-to-face teaching methods to remote teaching since the beginning of the restriction measures due to the COVID-19 pandemic required, in the field of education, the sudden adaptation of educators, students and parents for the assurance of teaching continuity and mainly the adjustment, by teachers, of pedagogical activities and teaching strategies in the promotion of learning during the COVID-19 pandemic. Thus, the aim of this study is to analyze the difficulties encountered by teachers in remote teaching during the COVID-19 pandemic. In this process, educators, inevitably faced specific difficulties and obstacles in the institutions, in addition, inadequate technological infrastructure of some institutions and difficulties of access by many students, can be considered another factor. These factors are an obstacle to the success of the implemented remote teaching, because the changes occurred with remote teaching, online learning, the difficulties encountered may reflect in face-to-face teaching, requiring from teachers and students a more significant adaptation in new or unusual teaching practices for teachers and students that, taken together, indicate some renewal of education during and after the pandemic.

References

Alves, L. (2020). Educação remota: entre a ilusão e a realidade. Interfaces Científicas Educação, 8(3), 348-65

Castells, M. (2010). A sociedade em rede. Ed. Paz e Terra, 2010.

Denzin, N, Lincoln, Y. (2006). Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: Denzin, Normam, Lincoln, Yonna. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. (2a ed.), Artmed, 15-41.

Freitas, H. C. L. (2000). O Trabalho como princípio articulador da Teoria/Prática: uma análise da prática de ensino e estágio supervisionados na habilitação magistério do curso de Pedagogia da FE/Unicamp. Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação.

Gunther, H. (2006). Pesquisa qualitativa versus pesquisa quantitativa: esta é a questão? Psic.: Teor. e Pesq., 22 (2), 201-209.

Joye, C., Moreira, M., & Rocha, S. (2020). Educação a Distância ou Atividade Remota Emergencial: em busca pelo elo perdido da educação escolar em tempos de COVID-19. Research, Society and Development, 9 (7), e521974299.

Kenski, V. M. (2012). Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Editora Papirus, 141.

Lopes, C. G. (2016). Aprendizagem colaborativa e o ensino de História na palma da mão: o WhatsApp como ferramenta de ensino aprendizagem. (Mestrado profissional em Ensino de História) – Universidade Federal do Tocantins, Araguaína.

Machado, P. L. P. (2020). Educação em tempos de pandemia: O ensinar através de tecnologias e mídias digitais. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, 8(6), 58-68.

Marques, R., Fraguas, T., & Campos, M. A. T. (2021). Os professores frente ao trabalho remoto: a Covid-19 como determinante para uma “virtualização de emergência”. Debates Em Educação, 13(31), 778–799.

Marques, R. (2021). O professor em trabalho remoto no contexto da pandemia da COVID-19. Boletim De Conjuntura (BOCA), 6(16), 06–14. https://doi.org/10.5281/zenodo.4642898

Marques, R., Sammarco, Y. M., Peixoto, K. H., Litaiff, P. B., Jessen, L. F., Pedroso, P. A. R., Silva, B. G. da, Costa, J., Silva, L. A. da, Agnol, L. D., Araújo, G. C. N. de, & Inácio Junior, J. (2021). Interfaces do PIBID na formação inicial e na práxis pedagógica num trabalho colaborativo para a construção da identidade profissional. Research, Society and Development, 10(10), e118101018534.

Marques, R., & Fraguas, T. (2020). A Ressignificação da Educação: virtualização de emergência no contexto de pandemia da COVID-19. Brazilian Journal of Development, 6(11), 86159-86174.

Médici, M. S., Tatto, E. R., & Leão, M. F. (2020). Percepções de estudantes do Ensino Médio das redes pública e privada sobre atividades remotas ofertadas em tempos de pandemia do coronavírus. Revista Thema, 18, 136-155.

Moran, E. (2015). A Cabeça bem feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Trad.: Eloá Jacobina. (6a ed.), Bertrand Brasil.

Nóvoa, A. (2000). Os professores e sua formação. Dom Quixote.

Oliveira, V. F (2001). A formação de professores revista os repertórios guardados na memória. In: Oliveira, Valeska F. de. (org.). Imagens de Professor: significações do trabalho docente. Ijuí, UNIJUÍ.

Rosa, R. T. N. (2020). Das aulas presenciais às aulas remotas: as abruptas mudanças impulsionadas na docência pela ação do Coronavírus - o COVID-19!. Rev. Cient. Schola Colégio Militar de Santa Maria Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. VI, nº 1.

Souza, S., Franco, V. S., & Costa, M. L. F. (2016). Educação a distância na ótica discente. Educação e Pesquisa, 42(1), 99-114.

Vygotsky, L. S. (1991). A formação social da mente. Martins Fontes.

Published

22/01/2022

How to Cite

SILVA , F. J. A. da; MARQUES, R.; SOUZA JÚNIOR, M. de .; GRZEBIELUKA, D. .; TRICHES, J. C. .; LIMA, K. de C. .; CONCEIÇÃO, J. L. M. da; PEREIRA, A. I. B. .; LIMA, J. W. B. .; SANTOS, E. M. dos . The difficulties encountered by teachers in remote teaching during the pandemic of COVID-19. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 2, p. e17511225709, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i2.25709. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/25709. Acesso em: 1 mar. 2024.

Issue

Section

Education Sciences