Analysis of the influence of the media on the decisions of the Jury Court

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i2.25742

Keywords:

Journalistic information; Media democracy; Influence; Popular jury.

Abstract

Journalistic information, appreciated by a large part of the population, has the duty to bring the news of events that have taken place in society, its primary function is to transmit information authentically. With constitutional guarantees, supported by freedom of opinion and thought, the free media is the full sign of a strong and cohesive democracy, however the power of maneuver of such means building a value judgment in society directly implies interfering in the Jury Court, whose jurors are members of society. In this way, the present study is consolidated in the analysis of press freedom in national legislation, focusing on how the media interferes with criminal information through its sensationalist coverage, carrying out a pre-trial of the accused and interfering in the decision of the Popular Jury. In this sense, forms were evoked that guarantee freedom of information and at the same time demonstrate means of curbing excesses and re-establishing the truth of the facts. In carrying out the research, the deductive approach method and scientific procedure methods were used, with the rules and norms followed by the rigor of science, history in the evaluation of the legal institutes that emerged, comparative in the explanation of the phenomena or constant facts, monographic studying the case in depth, in order to illustrate the role of the media interested in the hearing by the wide dissemination, often in a distorted way, of criminal information that moves the population.

References

Barroso, L. R. (2004). Colisão entre liberdade de expressão e direitos da personalidade, critérios de ponderação, interpretação constitucionalmente adequada do Código Civil e da lei de imprensa. Revista de Direito Administrativo. 235, 1-33

Brasil, Constituição da República Federativa do Brasil, 5 de outubro de 1988. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm.

Bezerra Neto, F. das C., Caiana, C. R. A., Azevedo, K. W. de, & Maracajá, P. B. (2019). A Interferência Da Mídia Nas Decisões Do Tribunal Do Júri Brasileiro: Uma Análise À Luz Do Caso Eloá. Revista Brasileira De Direito E Gestão Pública, 7(6), 01-13. https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RDGP/article/view/7405

Carneiro, W. B. A influência dos meios de comunicação no processo seletivo de criminalização. 2010. p, 74. Monografia como requisito parcial à obtenção do grau de bacharel em Direito. Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Carvalho, L. G. G. C. de. (1999). Direito de informação e liberdade de expressão. Renovar

Capez, F. (2014). Curso de Processo Penal. (21a ed.), Saraiva

Capez, F. (2010). Curso de processo penal. (17a ed.), Saraiva.

Costa, M., & Ferras, A. C. da C. (2018). Constituição Federal interpretada: artigo por artigo, parágrafo por parágrafo. (9a ed.), p. 1413.

Cunha, W. C., & Pinto, R. B. (2018). Tribunal do Júri. revista, atualizada e ampliada. Atlas.

Dillmann, A. L. (2012). Tribunal do Júri: A influência da mídia nas decisões do conselho de sentença. 2012. 53f. Monografia (GraduaçãoemDireito) Universidade Regionaldo Noroeste do Estado do Rio Grandedo Sul. http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/1530/ TRIBUNAL_DO_JURI_A_INFLUENCIA_DA_MIDIA_NAS_DECISOES_DO_CONSELHO_DE_SENTENCA.pdf?sequence=1. Acesso em: 3 de out. 2019.

Hohlfeldt, A., & Valles, R. (2008). Conceito do jornalismo brasileiro na revista de comunicação. 2, Edipucrs, 86

Lacerda, C. M. V. O mito da imparcialidade do tribunal do júri. https://jus.com.br/artigos/66119/o-mito-da-imparcialidade-do-tribunal-do-juri

Leal, M. M., & Thomazi, L. R. (20212) A liberdade de informação pela imprensa e o princípio constitucional da dignidade da pessoa humana. Anais do 1° congresso internacional de direito e contemporaneidade. 1-12.

Lopes, A. M., Figueiredo, V. C. de, & Felix, Y. (2014) Mídia e processo penal: A coexistência da liberdade e o princípio da presunção de inocência. Revista da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo. 20, 1-22.

Marques, J. F. (1961). Elementos de direito processual penal. Forense.

Moraes, A. de. (2004). Direito Constitucional. (16a ed.), Atlas.

Moretzsohn, S. (2003) Imprensa e criminologia: O papel do jornalismo nas políticas públicas de exclusão social. Niterói, biblioteca online de ciências da comunicação, 1-38.

Nucci, G. de S. Manual de processo penal e execução penal. (5a ed.), Editora Revistasdos Tribunais. http://www5.trf5.jus.br/novasAquisicoes/s umario/Manual_de_processo_penal_e_execucao_penal_9652016_sumario.pdf

Stemler, I. T. S. V., Soares, G. M. D. A., & Sadez, M. T. A. (2017). Tribunal do Júri: condenações e absolvições. Revista CNJ, Brasília, 2, 2-11.

Silva, E. L. (1980). A defesa tem a palavra. Aide.

Published

29/01/2022

How to Cite

ALMEIDA, R. S. de .; MACIEL, J. C. F. .; MEDEIROS, R. F. de .; GADELHA, H. S. .; CASTRO FILHO, H. M. . .; SANTOS, S. A. dos .; VAREJÃO, M. da S. .; MARQUES, A. T. . Analysis of the influence of the media on the decisions of the Jury Court. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 2, p. e40711225742, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i2.25742. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/25742. Acesso em: 2 mar. 2024.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences