Epidemiological profile of violence against the elderly

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i2.25780

Keywords:

Violence; Nursing; Epidemiology; Aging.

Abstract

Objective: To describe the epidemiological profile of violence against the elderly in a state in the northeast region of Brazil. Methodology: Quantitative, descriptive, retrospective study, carried out with information available in a database of the Diseases Information System and Notification, from 2008 to 2018. Data analysis was performed using simple statistics (frequency and percentage). Results: 1,535 violence notification forms were analyzed, with a large number of ignored and blank notifications. Regarding the characteristics of the elderly, 63.4% were men, 34.8% of mixed race, 23.8% with an education level between illiterate and elementary school, 71.9% victims of physical violence, 41, 3% through physical force/beating, 56.8% of the violence occurred in the urban area, 37.9% in the victim's own residence, 74.4% classified as interpersonal and 37.2% were notified by emergency units. Conclusion: Violence against elderly people occurred mainly in men, who were literate and who were victims of physical force/beating. This study shows that the incompleteness of information in filling out the notification form reveals the need for a broader view of the health team for the complete recording of data.

References

Aguiar, M. P. C., Leite, H. A., Dias, I. M., Mattos, M. C. T. & Lima, W. R. (2015). Violência contra idosos: descrição de casos no Município de Aracaju, Sergipe, Brasil. Revista de Enfermagem Escola Anna Nery, 9(2), 343-349.

Andrade, C. M., Teixeira, G. T., França, T. B., Rambo, M., Trevvisan, M. G., Casaril, E. & Costa, L. D. (2020) Violência interpessoal e autoprovocada: caracterização dos casos notificados em uma regional de saúde do paraná. Rev Cogitare Enfermagem, v25i0.63758.

Bolsoni, C. C, Coelho, E. B. S, Giehl, M. W. C & d´Orsi, E. (2016). Prevalência de violência contra idosos e fatores associados, estudo de base populacional em Florianópolis, SC. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. 19 (4), 671-682.

Brasil. (2010). Ministério da Saúde (MS). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Linha de Cuidado para a Atenção Integral à Saúde de Crianças, Adolescentes e suas Famílias em Situação de Violência Orientações para gestores e profissionais de saúde. Brasília: MS.

Dantas, N. M. F, Silva, F. C., Oliveira, R. R. & Batista, J. L. F. P. (2018). Internações de idosas vítimas de agressão sexual no Brasil. Revista Interdisciplinar em Violência e Saúde, 1.

Hohendorff, J. V., Paz, A. P., Freitas, C. P. P., Lawrenz, P., & Habigzang, L. F. (2018). Caracterização da violência contra idosos a partir de casos notificados por profissionais da saúde: Revista da SPAGESP. 19 (2), 64-80.

Souza, C. S. (2017). Violência contra os idosos: perfil epidemiológico das notificações no estado da Paraíba (Trabalho de Conclusão de Curso). Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, Paraíba.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2010). População residente, por raça ou cor, segundo a situação do domicílio, o sexo e a idade. IBGE

Irigaray, T. Q., Esteves, C. F., Pacheco, J. T. B., Grassi-Oliveira, R. & Argimon, J. I. L. (2016). Maus-tratos contra idosos em Porto Alegre, Rio Grande do Sul: um estudo documental. Revista Psicologia da Saúde. 33 (3), 543-55.

Krug, E. G., Dahlberg, L. L., Mercy, J. A., Zwi, A. B. & Lozano, R. (Eds.). (2002). Relatório mundial sobre violência e saúde. OMS.

Lino, V. T. S., Rodrigues, N. C. P., Lima, I. S., Athie, S., & Souza, E. R., (2019). Prevalência e fatores associados ao abuso de cuidadores contra idosos dependentes: a face oculta da violência familiar. Revista Ciência & Saúde Coletiva. 24(1), 87-96.

Lopes, L. G. F., Leal, M. C. C., Souza, E. F., Silva, S. Z. R., Guimarães, N. N. A., & Silva, L. S. R. (2018). Violência contra a pessoa idosa. Revista Enfermagem. UFPE on line. 12(9),2257-2268.

Lüder A. Cresce 59% o número de denúncias de violência contra o idoso no Brasil durante a pandemia da Covid-19. Globo News. 2020 Oct 29.

Machado, D. R., Kimura, M., Duarte, Y. A. O., & Lebrão, M. L., (2020). Violência contra idosos e qualidade de vida relacionada à saúde: estudo populacional no município de São Paulo, Brasil. Revista Ciência & Saúde Coletiva. 25(3),1119-1128.

Maia, P. H. S., Ferreira, E. F., Melo, E. M. & Vargas, A. M. D. (2019). A ocorrência da violência em idosos e seus fatores associados. Revista Brasileira de Enfermagem. 72(2),71-7.

Meleiro, M. L. A. P., Nascimento, I. R., Santos, F. S., Silva, N. P. M & Nascimento V. (2021). A violência contra a pessoa idosa em Manaus e no Amazonas/Brasil. Research, Society and Development, 10(5), e11210514558.

Ministério da Saúde. (2016) Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde.Viva: instrutivo de notificação de violência doméstica, sexual e outras violências. (2a ed.), DF. 94 p.

Miziara C. S. M. G., Braga, M. V., Carvalho, F. I., Teixeira, T. V., Miziara, I. D. & Muñoz, D. R. (2015). Vítima silenciosa: violência doméstica contra o idoso no Brasil. Revista Saúde Ética & Justiça. 20(1),1-8.

Oliveira, K. S. M., Carvalho, F. P. B., Oliveira, L. C., Simpson, C. A., Silva, F. T. L. & Mart, A. G. C. (2018). Violência contra idosos: concepções dos profissionais de enfermagem acerca da detecção e prevenção. Revista Gaúcha de Enfermagem.39.

Paraíba, P. M. F & Silva M. C. M. (2015). Perfil da violência contra a pessoa idosa na cidade do Recife-PE. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. 18(2), 295-306.

Pereira, A. S., Shitisuka, D. M., Parreira, F. J. & Shitisuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. UFSM.

Rogrigues, R. A. P., Monteiro, E. A., Santos, A. M. R., Pontes, L. M. F., Fhon, J. R. S, Bolina, A. F., Seredynskyj, F. L., Almeida, V. C., Giacomini, S. B. L., Defina, G. P. C. & Silva, L. M. (2017). Violência contra idosos em três municípios brasileiros. Rev Bras Enferm. 70(4).

Silva, C. F. S & Dias C. M. S. B (2016). Violência Contra Idosos na Família: Motivações, Sentimentos e Necessidades do Agressor. Revista Psicologia: Ciência e Profissão. 36 (3), 637-652.

Silva, G. C. N., Almeida, V. L., Brito, T. R. P., Godinho, M. L. C., Nogueira, D. A. & Chini, L. T. (2018) Violência contra idosos: uma análise documental. Revista Aquichan.18(4), 449-460.

Soares, M. C & Barbosa, A. M. (2020). Perfil de idosos vítimas de violência atendidos em um hospital de urgências. Revista Científica da Escola Estadual de Saúde Pública de Goiás “Cândido Santiago”. 6(1):18-34.

Souza, E. A. B., Silva, B. C., Cabral, L. P., Filho, N. J. S., Zimmermann, I. M. M. & Zimmermann, R. D. Violência contra idosos relatada em notícias durante a pandemia do novo coronavírus. Research, Society and Development, 10(14). e57101420046.

Published

26/01/2022

How to Cite

NASCIMENTO, D. D. do .; SOUZA, E. M. S. de .; CRUZ, R. T. C. S. .; BERNARDO , T. H. L. . Epidemiological profile of violence against the elderly . Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 2, p. e31611225780, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i2.25780. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/25780. Acesso em: 14 apr. 2024.

Issue

Section

Health Sciences