Prevalence of work-related musculoskeletal disorders in mineral extraction

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i2.25786

Keywords:

Ergonomics; Musculoskeletal disorders; Rural worker's health; Miners.

Abstract

Objective: to estimate the prevalence of musculoskeletal disorders symptoms in mineral extraction workers. Method: A quantitative, descriptive, and cross-sectional study was conducted in the village of Pirinã, Municipality of Pinheiro, Maranhão State. The research universe comprised the workers of stone extraction. The sample was of convenience for the inclusion of individuals who presented painful symptoms in some anatomical region of the body. Data collection was done through the use of two instruments, the Individual Questionnaire (IQ) and the Nordic Musculoskeletal Symptoms Questionnaire (NSQ). Results: The majority presented pain in the lumbar spine, dorsal column, hands/wrists, and shoulders, requiring time off work. In relation to physical tiredness during the workday, 80% reported tiredness at the end of the workday. It was also observed that 23 workers had worked for more than 10 years and worked 3-4 hours a day during the week. Final considerations: The results draw attention to the recurrence of pain among rural workers, which can interfere with their quality of life, cause irreversible and/or chronic sequels, and decrease their productivity. The ergonomic analysis in this context can act preventing the incidence of accidents and avoiding disabilities.

References

Andrade, I. C. C., Freitas, C. K. A. C., Barreiro, M. do S. C., & Menezes, A. F. de. (2019). Perfil demográfico e clínico de trabalhadores atendidos em um Centro de Referência em Saúde do Trabalhador. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde/Brazilian Journal of Health Research, 21(1), 28–34.

Barbosa, M. do C. L., Barbosa, J. B., Guerra, L. F. A., Barbosa, M. F. L., Barbosa, F. L., Barbosa, R. L., Guida, D. L., Martins, M. L. B., Bouskela, E., Nascimento, M. do D. S. B., Melo, G. S. de O., & Castro, M. M. da S. (2015). Dislipidemia e risco cardiovascular em afrodescendentes: Um estudo em comunidades quilombolas do Maranhão, Brasil. Rev. bras. med. fam. comunidade, 1–10.

Bernardo, D. C. dos R., Nascimento, J. P. de B., Silveira, P. R. da, & Soares, K. G. R. (2017). O estudo da ergonomia e seus benefícios no ambiente de trabalho: Uma pesquisa bibliográfica. Saberes Interdisciplinares, 6(11), 97–112.

BRASIL (2018). NR-31 – Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura. Portaria MTb n.º 1.086, de 18 de dezembro de 2018.

Cardoso, L. S., Bonow, C. A., Xavier, D. M., & Cezar-Vaz, M. R. (2021). Riscos ocupacionais no trabalho agrícola e a negociação para a saúde do trabalhador rural. Revista de Enfermagem da UFSM, 11(0), 43.

Carvalho, L., & Santos, P. (2020). A Ergonomia No Contexto Das Atividades Rurais: Uma Revisão Bibliográfica. 8, 251–269.

Carvalho, M. P. de, Fiori, N. S., Meucci, R. D., Faria, N. M. X., & Fassa, A. G. (2020). Dor na coluna torácica e fatores associados em fumicultores. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, 45.

de Oliveira, C. M., Pereira, A. C., de Andrade, M., Soler, J. M., & Krieger, J. E. (2008). Heritability of cardiovascular risk factors in a Brazilian population: Baependi Heart Study. BMC Medical Genetics, 9, 32. https://doi.org/10.1186/1471-2350-9-32

Dias, N. T. C. (2020). Avaliação do perfil de saúde de trabalhadores rurais do município de Muzambinho – Minas Gerais.

Duarte, K. K. da S., & Cavaignac, A. L. de oliveira. (2019). Incidência de sintomas musculoesqueléticos em trabalhadores da construção civil: estudo comparativo por funções com questionário nórdico e diagrama de corlett. Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE, 20–37.

Klatsky, A. L. (2016). Alcohol and cardiovascular diseases: Where do we stand today? Journal of Internal Medicine, 278(3), 238–250.

LOPES, S. A. P (2017). Prevalência de DORT em trabalhadores do setor de metalurgia cadastrados no centro de referência em saúde do trabalhador de Piracicaba/SP, no período de 2008 a 2015.

Maia, A. I. (2020). Análise de riscos e perigos relacionados a extração de carvão mineral: Medidas de controle utilizando a NR-22.

Melek, T., Gonçalves, C., Areosa, J., & Soares, V. (2017). Condições de trabalho numa mineradora: O olhar de trabalhadores e de profissionais da saúde e segurança. 13, 104–122.

Melo, C. de F., Cavalcante, A. K. S., & Façanha, K. Q. (2019). Invisibilização do adoecimento psíquico do trabalhador: limites da integralidade na rede de atenção à saúde. Trabalho, Educação e Saúde, 17.

MeloG. S. de O., BarbosaR. L., BarbosaF. L., BarbosaD. G., CastroM. M. da S., SilvaM. A. C. N. da, LimaM. F., SandrinP. P. de A., NascimentoM. do D. S. B., & BarbosaM. do C. L. (2020). Perfil alimentar e nutricional da população residente em comunidades quilombolas em um município do estado do Maranhão. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 12(1), e2957. https://doi.org/10.25248/reas.e2957.2020

Mendes, M. S. F., Alberto, N. S. M. da C., Rocha, A. V. S. G., Aguiar, A. V. G., Lima, M. E. R. de, & Pereira, T. G. (2019). Dados sobre as condições de trabalho, perfil de saúde e nutrição de agricultores familiares de Teresina – PI, Brasil. Revista Eletrônica Competências Digitais para Agricultura Familiar, 5(2), 144–177.

Miranda, S. V. C. de, Duraes, P. S., & Vasconcellos, L. C. F. de. (2020). A visão do homem trabalhador rural norte-mineiro sobre o cuidado em saúde no contexto da atenção primária à saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 25, 1519–1528.

Minette, L. J., Schettino, S., Souza, A. P., Soranso, D. R., & Barbosa, V. A. (2018). Colheita De Madeira Danificada Pelo Vento: Carga Física De Trabalho E Risco De Ler/Dort Aos Trabalhadores. Nativa, 6(1), 66–72. https://doi.org/10.31413/nativa.v6i1.4312

Moita, M., Ximenes Neto, F. R., Silva, R., Prado, J., Viana, T., & Borges, G. (2020). Riscos à saúde do trabalhador rural na produção de rapadura. Research, Society and Development, 9, 167953259.

Paula, E. A. de, & Amaral, R. M. M. F. do. (2019). Atuação interdisciplinar em grupos de qualidade de vida para pacientes com Lesões por esforços repetitivos/Distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho—LER/DORT. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, 44.

Rodrigues, B. S., Freitas, M., Tomé, D., & Neto, H. V. (2020). Avaliação de Fadiga Laboral e Lesões Músculo-Esqueléticas Relacionadas com o Trabalho numa Secção de Mistura de Cortiça. Cesqua - Cadernos de Engenharia de Segurança, Qualidade e Ambiente, 1(3), 149–177.

Santos, P. V. S. (2018). O papel da ergonomia em meio as atividades do campo: um olhar para o caso do vale do São Francisco. Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE, 77–93.

Schettino, S., Guimarães, N. V., Silva, D. L. da, Souza, C. L. L. de, Minette, L. J., Junior, J. D. de P., & Schettino, C. F. (2020). Relação entre a ocorrência de acidentes de trabalho e a baixa escolaridade dos trabalhadores no setor florestal. Brazilian Journal of Development, 6(4), 22567–22589.

Silva, I., Xavier, D., Bonow, C., Camponogara, S., Oliveira, A., Santos da Silva, M., & Cezar-Vaz, M. R. (2020). Percepção de agricultores de soja e arroz acerca dos riscos ocupacionais. Research, Society and Development, 9, e739119543.

Silva, L. L. da, Neta, A. A. P., Prates, C. F., Soares, J. S., Araújo, T. A., Costa, A. M. A., Cardoso, T. V., & Moura, R. C. (2021). Análise da prevalência de dor lombar associada à atividades ocupacionais: Uma revisão integrativa de literatura. Brazilian Journal of Development, 7(2), 11729–11743.

Silva, M. J. D. S., Schraiber, L. B., & Mota, A. (2019). O conceito de saúde na Saúde Coletiva: contribuições a partir da crítica social e histórica da produção científica. Physis: Revista de Saúde Coletiva, 29.

Silva, N. R. da, Junqui, P. F., & Silva, M. L. da. (2020). Caracterização do perfil de adoecimento por LER/DORT em um centro de referência em saúde do trabalhador. Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO, 4(4), 631–645.

Silveira, J., Cezar-Vaz, M. R., & Xavier, D. (2020). Análise ergonômica e de alterações osteomusculares em trabalhadores: Revisão integrativa. Research, Society and Development, 9, e349119500.

Simas, J. M. M., Alencar, M. do C. B. de, & Yamauchi, L. Y. (2020). Distúrbios osteomusculares em trabalhadores da bananicultura. BrJP, 3, 33–36.

Souza, S., Amorim, R., Lima, M., Vale, P., Robledo, S., Rios, A., Araújo, N., & Jesus, I. (2021). Percepção Das Práticas Ergonômicas Entre Carregadores De Uma Feira-Livre Em Feira De Santana, Bahia. Brazilian Journal of Development, 7, 3170–3190.

TRABALHO, Organização Internacional do (2002). C176 - Convenção sobre segurança e saúde nas minas. https://www.ilo.org/brasilia/convencoes/WCMS_236694/lang--pt/index.htm. Acesso em: 13 jan. 2021.

Vale, S. R. G. A., Bonfatti, R. J., Souza, A. G., & Teixeira, L. R. (2018). Análise ergonômica da atividade de quebra tradicional do coco babaçu no município de Itapecuru-Mirim/MA. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, 43.

Veiga, J. P. C., Trevisani, D. M., Makishi, F., Abreu, M. G. C. de, Silva, M. S. P. e, & Zacareli, M. A. (2017). Padrões de saúde e segurança no trabalho e extrativismo: O caso de comunidades rurais da Amazônia brasileira. Saúde e Sociedade, 26, 774–785.

Victorio, V. C. M., & Gonçalves, E. C. B. de A. (2021). Aspectos de saúde relacionados a idade, escolaridade e produções agrícolas de agrcultores no Assentamento Rural Rio Madeira—RO. Agricultura Familiar: Pesquisa, Formação e Desenvolvimento, 14(2), 183–202.

Ximenes Neto, F. R., Oliveira, G., dos Santos, F., Sousa, F., Vasconcelos, L., Ferreira, V., & Lourenção, L. (2020). Accidents with workers and rural workers: From the case series to the evolution of cases. Research, Society and Development, 9, 191973949.

Zavarizzi, C. de P., Carvalho, R. M. M. de, & Alencar, M. do C. B. de. (2019). Grupos de trabalhadores acometidos por LER/DORT: Relato de experiência. Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional, 27, 663–670.

Published

27/01/2022

How to Cite

LUZ, D. C. da .; DURANS, K. C. N.; ARAÚJO, A. C. de .; FIGUEIREDO, R. L.; BARBOSA, M. do C. L.; GARCIA, M. R. S. Prevalence of work-related musculoskeletal disorders in mineral extraction. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 2, p. e36211225786, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i2.25786. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/25786. Acesso em: 20 feb. 2024.

Issue

Section

Health Sciences