Good practices performed by nursing to patients undergoing myocardial revascularization

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i2.25920

Keywords:

Good habits; Nursing; Cardiac surgical procedure.

Abstract

The aim of this study is to elucidate through the scientific literature the good nursing practices in myocardial revascularization. The research was descriptive in nature, carried out through a literature review, carried out in the database through the Virtual Health Library (VHL), which covers: LILACS, BDENF, academic Google and SCIELO, through the descriptor: good practices and nursing our acute myocardial infarction. The inclusion criteria were: works published in full, in Portuguese, published in the last 10 years and that have adherence to the theme, in which 21 articles were used to build this study. It is understood that the immediate postoperative period of patients undergoing cardiac surgery takes place in the Intensive Care Unit (ICU), since it is a sector that promotes sufficient resources to care for highly complex patients, such as those who undergo surgery cardiac arrest. Therefore, it was possible to observe the immediate postoperative period of patients undergoing myocardial revascularization, and the importance of systematizing nursing care as a tonic in the effectiveness of care through planning and safe preparation, so that the entire team involved in the process takes an individual and integral approach to the patient.

Author Biographies

Rodrigo de Albuquerque Lins, Universidade Iguaçu

Enfermeiro. Graduado pela Universidade Iguaçu, Brasil.

Kézia Verli Nunes Aredes, Universidade Iguaçu

Enfermeira. Graduada pela Universidade Iguaçu, Brasil.

Bruna Porath Azevedo Fassarella, Universidade Iguaçu

Enfermeira. Mestre em Urgência e Emergência. Docente do curso de Enfermagem na Universidade Iguaçu, Brasil.

Larissa Christiny Amorim dos Santos, Universidade Iguaçu

Acadêmica do curso de graduação da Universidade Iguaçu, Brasil.

Francine Silva de Souza, Universidade Estácio de Sá

Enfermeira. Graduada pela Universidade Estácio de Sá, Brasil.

Dayene Rodrigues de Lima, Universidade Iguaçu

Enfermeira. Graduada pela Universidade Iguaçu, Brasil.

Wanderson Alves Ribeiro , Universidade Iguaçu

Enfermeiro. Mestre e Doutorando pelo Programa Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da UFF. Docente do Curso de Graduação em Enfermagem Pós-graduação da Universidade Iguaçu, Brasil.

Keila do Carmo Neves, Universidade Iguaçu

Enfermeira. Pós-Graduada em Nefrologia; Mestre e Doutora em Enfermagem pela UFRJ. Docente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Iguaçu, Brasil.

Ana Lúcia Naves Alves, Universidade Iguaçu

Enfermeira. Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutoranda na Facultad de Humanidades Y Artes. Universidad Nacional de Rosário, UNR, Argentina. Docente do curso de enfermagem na instituição Universidade Iguaçu.

Fernando Salgado do Amaral, Universidade Iguaçu

Enfermeiro, graduado pelo Centro Universitário de Volta Redonda (UNIFOA). Pós-Graduado em enfermagem em terapia intensiva pelo Centro Universitário de Volta Redonda (UNIFOA). Mestre em ensino de Ciências da Saúde e do Meio Ambiente pelo Centro Universitário de Volta Redonda (UNIFOA), Brasil.

References

Almeida, P. S., Pellanda, L. C., Caregnato, R. C. A., & Souza, E. N. (2017). Implementação de orientações de enfermagem aos pacientes pré-operatórios de cirurgia cardíaca em meio digital. Rev. SOBECC, 68-75.

Amorim, T. V., & Oliveira, S. A. M. (2015). Processo cirúrgico cardíaco e suas implicações no cuidado de enfermagem: reflexão. HU Revista, 41(3 e 4).

Andrade, A. Y. T. D., Tanaka, P. S. D. L., Poveda, V. D. B., & Turrini, R. N. T. (2019). Complicações no pós-operatório imediato de revascularização do miocárdio. Rev. SOBECC, 224-230.

Barretta, J. C., Auda, J. M., Antoniolli, D., & Barancelli, M. D. C. (2017). Pós-operatório em cirurgia cardíaca: refletindo sobre o cuidado de enfermagem Postoperative in cardiac surgery: reflecting about nursing care. Revista de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online, 9(1), 259-264.

Branco, C. D. S. P. C., & Pereira, H. O. (2016). Cuidados de enfermagem ao paciente em pós operatório imediato de cirurgia de revascularização do miocárdio. Enfermagem Revista, 19(1), 72-84.

Brizola, J., & Fantin, N. (2016). Revisão da literatura e revisão sistemática da literatura. Revista de Educação do Vale do Arinos-RELVA, 3(2).

Cabral, J. V. B., & de Castro, C. J. S. (2020). Cuidado de enfermagem no pós-operatório de cirurgia cardíaca pediátrica: revisão integrativa. Revista Enfermagem Contemporânea, 9(1), 118-126.

Camponogara, S., Soares, S. G. A., Silveira, M., Viero, C. M., Barros, C. S. D., & Cielo, C. (2012). Percepção de pacientes sobre o período pré-operatório de cirurgia cardíaca. Revista Mineira de Enfermagem, 16(3), 382-390.

Coppetti, L. D. C., Stumm, E. M. F., & Benetti, E. R. R. (2015). Considerações de pacientes no perioperatório de cirurgia cardíaca referentes às orientações recebidas do enfermeiro. Revista Mineira de Enfermagem, 19(1), 113-126.

Costa, T. R. M., Florêncio, P. C. M., Castro, C. A. L., Ruiz, B. A., Souza, C. S., Barbosa, K. K. S., & Barros, M. A. L. (2020). Complicações dos métodos de revascularização cardíaca em pacientes que sofreram infarto agudo do miocárdio. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 12(11), e4834-e4834.

Galvão, M. C. B., Pluye, P., & Ricarte, I. L. M. (2017). Métodos de pesquisa mistos e revisões de literatura mistas: conceitos, construção e critérios de avaliação. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, 8(2), 4-24.

Garcia, R. P., Budó, M. D. L. D., Schwartz, E., Simon, B. S., & Silva, F. M. D. (2015). Apoio social frente à necessidade de cuidado após infarto do miocárdio. Revista Brasileira de Enfermagem, 68, 649-655.

Gomes, E. T., Silva, J. I. D., & Bezerra, S. M. M. D. S. (2020). Elaboração da escala de avaliação do conhecimento de pacientes acerca da cirurgia cardíaca. Rev. SOBECC, 227-233.

Kahl, E. R. P. Y., Brião, R. D. C., Costa, L. M. D., Silveira, L. R., & Moraes, M. A. P. D. (2019). Cenário ambulatorial de pacientes com sítio cirúrgico infectado após intervenção cardíaca. Revista Gaúcha de Enfermagem, 40.

Lima, V. R. D., Leal, C. C. G., & Flávi, A. G. C. (2014). Complicações pós-operatórias em idosos submetidos à revascularização do miocárdio. CuidArte, Enferm, 48-54.

Lima, C. A., Richtrmoc, M. K., Leite, W. S., Silva, D. A. R. G., Lima, W. A., Campos, S. L., & Andrade, A. D. D. (2019). Impacto do fast track em cirurgia cardíaca de adultos: desfechos clínicos e hospitalares. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, 31, 361-367.

Lopes, R. O. P., de Castro, J., Nogueira, C. S. C., Braga, D. V., Gomes, J. R., da Silva, R. C., & Brandão, M. A. G. (2019). Complicações do pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca eletiva: estudo transverds. Revista de Enfermagem Referência, 4(22), 23-32.

Matioli, K. B. B., de Moraes Filho, I. M., de Sousa, T. V., Pereira, M. C., da Silva, R. M., de Sá, E. S., & de Oliveira, M. L. C. (2021). Delirium: prevalência e fatores associados ao pós-operatório de cirurgia cardiovascular em idosos. Revista Baiana de Enfermagem, 35.

Menezes, T. C. D., Bassi, D., Cavalcanti, R. C., Barros, J. E. S. L., Granja, K. S. B., Calles, A. C. D. N., & Exel, A. L. (2018). Comparações e correlações da intensidade da dor e da força muscular periférica e respiratória no pré e pós-operatório de cirurgia cardíaca. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, 30, 479-486.

Paiva, A. C. R., Araújo, B. S., Carvalho, B. R., Arantes, D. C., Marinho, L. M., Silva, M. S., & Moreira, L. R. (2015). Checklist de cirurgia segura: análise do preenchimento da ficha de verificação no pré, trans e pós-operatório. Enfermagem Revista, 18(2), 62-80.

Passinho, R. S., Sipolatti, W. G. R., Fioresi, M., & Primo, C. C. (2018). Sinais, sintomas e complicações do infarto agudo do miocárdio. Rev. enferm. UFPE on line, 247-264.

Paz, V. P., Fátima Mantovani, M., Mercês, N. N. A., da Silva, Â. T. M., & Souza, P. B. (2019). Sistemas de cuidados à saúde de pessoas com infarto do miocárdio: revisão da literatura. Cogitare Enfermagem, 24.

Pereira, K. S. M., Oliveira, J. C. P. D., Carvalho, F. C. D., & van Bellen, B. (2016). Complicações cardíacas em cirurgia vascular. Jornal Vascular Brasileiro, 15, 16-20.

Rabelo, A. C. S., Souza, F. V. F. S., & Silva, L. D. F. D. (2018). Contribuição do cuidado transpessoal ao ser-cardiopata no pós-operatório de cirurgia cardíaca. Revista Gaúcha de Enfermagem, 38.

Reis, M. M. R., Lima, E. D. F. A., Casagrande, R. I., Fioresi, M., Leite, F. M. C., & Primo, C. C. (2019). Perfil epidemiológico de pacientes submetidos a cirurgia cardíaca. Rev. enferm. UFPE on line, 1015-1022.

Ribeiro, C. P., Silveira, C.D.O., Benetti, E.R.R., Gomes, J.S., & Stumm, E.M.F. (2015). Diagnósticos de enfermagem em pacientes no pós-operatório de cirurgia cardíaca. 9(2), 230-123.

Rosa, R. S., Macedo, D. A., Oliveira, B. G., Santos, B. E., Casotti, C. A., & Prado, I. F. (2016). Evidências para o cuidado de Enfermagem na avaliação do Risco Coronariano em Pacientes Hospitalizados Evidence for nursing care in the evaluation of coronary risk in hospitalized patients. Revista de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online, 8(2), 4460-4471.

Santos, J. D., Meira, K. C., Camacho, A. R., Salvador, P. T. C. D. O., Guimarães, R. M., Pierin, Â. M. G., & Freire, F. H. M. D. A. (2018). Mortalidade por infarto agudo do miocárdio no Brasil e suas regiões geográficas: análise do efeito da idade-período-coorte. Ciência & Saúde Coletiva, 23, 1621-1634.

Silva, C.J.B., Santos, S. M. É., Reis, F.F, Miranda, G.C.O., Santos, L., & Lima, D.V.M.(2016). Banho no leito de infartados: crossover do controle hidrotérmico 40ºC versus 42,5º. Revista Brasileira de Enfermagem Online , 15 (3), 341-350.

Silva, L. D. C., Melo, M. V. P., Rolim, I. L. T. P., & Dias, R. S. (2018). Intervenções de enfermagem em pacientes de unidade de terapia intensiva cardiológica de um hospital universitário submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio. J Manag Prim Health Care [Internet], 9, e12.

Silva, L. L. T., Mata, L. R. F., Silva, A. F., Daniel, J. C, Andrade, A. F. L & Santos, E. T. M. Cuidados de enfermagem nas complicações no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio. Rev baiana enf. 31(3), 453-458.

Silva, M. T., Palu, L. A., & Brusamarello, T. (2018). Prevenção de complicações evitáveis em uma unidade de terapia intensiva: uma revisão integrativa. Saúde e Pesquisa, 11(3), 613-621.

Silveira, E. L., Cunha, L. M., Sousa, P. M., Lima, A. V. M., & Cunha, A. N. A. (2018). Prevalência e distribuição de fatores de risco cardiovascular em portadores de doença arterial coronariana no Norte do Brasil. Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba, 20(3), 167-173.

Smeltzer, S. C., & Bare, B. G. (2014). Brunner & Suddarth, Tratado de enfermagem médico-cirúrgica. In Brunner & Suddarth, Tratado de enfermagem médico-cirúrgica (pp. 1133-1133).

Taurino, I. J. M. (2019). Cirurgia cardíaca: refletindo sobre o cuidado de enfermagem no período pós-operatório. Pub Saude, 13(5), 120-198.

Published

31/01/2022

How to Cite

LINS, R. de A. .; AREDES, K. V. N. .; FASSARELLA, B. P. A. .; SANTOS, L. C. A. dos .; SOUZA, F. S. de .; LIMA, D. R. de .; RIBEIRO , W. A. .; NEVES, K. do C. .; ALVES, A. L. N. .; AMARAL, F. S. do . Good practices performed by nursing to patients undergoing myocardial revascularization. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 2, p. e43611225920, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i2.25920. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/25920. Acesso em: 2 mar. 2024.

Issue

Section

Health Sciences