Bibliometric analysis on university management approaches in publications on the Web of Science platform between 1945 and 2020

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i2.26023

Keywords:

University Management; Efficiency; Satisfaction; Public Sector.

Abstract

Social and economic transformations added to governmental measures registered in norms and decrees have stimulated discussions in the public sphere, aiming at greater efficiency in actions, improvements in the provision of educational services and fostering innovation. In this sense, university management becomes the focus of modernization and the search for greater user satisfaction with the provision of public services. On these issues, this work aims to analyze the directions of research aimed at university management, registered as scientific articles on the Web of Science platform, between the period from 1945 to 2020. Methodologically, it is a research with a quantitative approach, based on the from bibliometric analysis on the Web of Science platform, covering the period of consultation from 1945 to 2020. As a result, publication rates, specificities of more relevant research in the area of ​​university management, most cited authors and occurrences of words are recorded. It is concluded that, given the most relevant studies available on the Web of Science, there are no integrated approaches that involve issues such as efficiency, user satisfaction and innovation in higher education management, especially considering the Brazilian public sector.

Author Biographies

Allan Gustavo Freire da Silva, Universidade Federal de Campina Grande

Doutorando em Administração (2019) pela Universidade Potiguar (UnP), Mestre em Desenvolvimento Regional (2016) pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Especialista em Gestão Pública (2015) pela Faculdade Internacional Signorelli (FISIG), Graduado em Gestão Pública (2014) pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Participa dos grupos de pesquisa "Instituições, Gestão Pública e Desenvolvimento Sustentável"; "Gestão Pública e Cidades Inteligentes (GEPCI)"; "Grupo Inovação, Tecnologia e Pesquisa na Paraíba (GiTecPB)" e "Grupo de Pesquisas sobre o Semiárido - Patativa do Assaré". Atua nas áreas de Instituições Políticas; Gestão Pública; Desenvolvimento Regional; Políticas Públicas; Sustentabilidade; e Meio Ambiente. É professor efetivo na Universidade Federal de Campina Grande, área de Administração Pública, no campus de Sumé - PB, exercendo funções administrativas e desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa e extensão. Tendo atuado, entre 2015 a 2017, como técnico-administrativo do quadro permanente de pessoal do CDSA/UFCG, no setor de Coordenação de Projetos e Modernização Administrativa - CPMA. Integra o Banco de avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - BASis - INEP - MEC. É o idealizador e editor-chefe da Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento - RBGD (cdsa.revistas.ufcg.edu.br/index.php/rbgd), vinculada ao Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido (CDSA/UFCG).

Laís Karla da Silva Barreto, Universidade Potiguar

Possui Doutorado e Mestrado pelo Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem/ Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Realizou Especialização em Práticas Pedagógicas no Ensino Superior/ Universidade Potiguar, graduação em Jornalismo, Radio & TV e Letras pela UFRN. Participa dos grupos de pesquisa Comunicação e Processos de Significação e Gestão Estratégica de Negócios: gestão com pessoas, cadastrados no CNPq. Integra o quadro docente do Programa de Pós-graduação em Administração (Mestrado e Doutorado) / da Universidade Potiguar (conceito 4) na linha de pesquisa Estratégia de negócios. Desenvolve trabalhos que associem as estratégias comunicacionais no contexto das organizações, marketing, tecnologia e informação, comportamento do consumidor e gestão do conhecimento. É vinculada ao Mestrado Profissional em Ensino em Saúde do Centro Universitário Dr. Leão Sampaio/CE na linha de pesquisa Currículo, formação profissional e processos de ensino e atua no suporte de pesquisa da Faculdade Vale do Salgado. Ministra treinamentos no IEL/RN. Atuou como editora da Revista Connexio- ISSN 2236-8760. Tem publicações (artigos, livro, capítulos de livros) por editoras nacionais e internacionais. Leciona no ensino superior, exerce atividades administrativas e de pesquisa. Apresenta expertise nas áreas de Comunicação, Gestão, Empreendedorismo e Educação. Integra o Banco de avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - BASIS - INEP/MEC. 

Marcelo Victor Alves Bila Queiroz, Universidade Potiguar

Possui graduação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2013), mestrado (2015) e doutorado (2019) pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da UFRN. Atualmente é professor da Escola de Ciências Socias Aplicadas, Educação, Artes e Humanidades Universidade Potiguar (HECSA - UNP) e do Programa de Pós Graduação em Administração (PPGA-UNP). Possui interesse de pesquisa nos seguintes temas: avaliação de políticas públicas, análise de eficiência organizacional e emprego de métodos quantitativos em ciências sociais aplicadas.

Rômulo Andrade de Souza Neto, Universidade Potiguar

Doutor, mestre e bacharel em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Pesquisa o uso de sistemas e tecnologias de informação por indivíduos e grupos a partir da perspectiva organizacional. Publicou artigos em periódicos científicos nacionais de alto impacto, como Cadernos EBAPE.Br, Revista de Administração Contemporânea e Revista de Administração de Empresas. Recebeu o prêmio de melhor artigo da área de 'Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade' do EnANPAD em 2017 e menção honrosa de avaliador da área Tecnologia da Informação do SemeAd (FEA/USP) em 2018. Atualmente, é Professor DNS IV da pós-graduação e da graduação da Área de Gestão & Negócios da Universidade Potiguar (UnP).

Emilia Suitberta de Oliveira Trigueiro, Centro Universitário Dr. Leão Sampaio

Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (2017). Mestre em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior pela Universidade Federal do Ceará (2012). Especialista em saúde coletiva pelo Centro Integrado de Tecnologia e Pesquisa- CINTEP (2009). Especialista em Psicologia Escolar e Educacional pelo Conselho Federal de Psicologia (2014). Graduada em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba (2008) e Licenciada em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba (2007). Membro da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional- ABRAPEE. Servidora técnico administrativa do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará campus do Crato. Atua na Docência do Ensino Superior no Centro Universitário Dr. Leão Sampaio (UNILEÃO). Integra o quadro docente do Programa de mestrado profissional em Ensino em Saúde do Centro Universitário Dr. Leão Sampaio (UNILEÂO). Avaliadora da Revista Interfaces: Saúde, Humanas e Tecnologia. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia escolar, Psicologia da aprendizagem e Psicologia do desenvolvimento.

References

Arocena, R., Göransson, B. & Sutz, J. (2014). Knowledge policies and universities in developing countries: Inclusive development and the “developmental university”. Technology in Society, 1-11. http://dx.doi.org/10.1016/j.techsoc.2014.10.004

Bassi, F. (2018). Dynamic clustering to evaluate satisfaction with teaching at university. International Journal of Educational Management, 32(6), 1070-1081. https://doi.org/10.1108/IJEM-07-2017-0162

Bayuo, B. B., Chaminade, C., Göransson, B. (2020). Unpacking the role of universities in the emergence, development and impact of social innovations – A systematic review of the literature. Technological Forecasting & Social Change, 155(1), 1-3. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.techfore.2020.120030

Brasil. Decreto nº 5.378, de 23 de fevereiro de 2005. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Decreto/D5378.htm

Brasil. Decreto nº 9.094, de 17 de julho de 2017. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Decreto/D9094.htm

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). https://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2019/censo_da_educacao_superior_2018-notas_estatisticas.pdf

Brasil. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/leis/L9394.htm

Brasil. Lei nº 13.168, de 6 de outubro de 2015. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13168.htm

Brasil. Lei nº 13.460, de 26 de junho de 2017. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/Lei/L13460.htm

Csomós, G. (2020). Introducing recalibrated academic performance indicators in the evaluation of individuals’ research performance: A case study from Eastern Europe. Journal of Informetrics, 14(4), 1-38. https://doi.org/10.1016/j.joi.2020.101073

Frey, K. (2000). Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e Políticas Públicas, 21(1), 211 – 260. http://www.ipea.gov.br/ppp/index.php/PPP/article/viewFile/89/158

Huisman, J. & Currie, J. (2004). Accountability in higher education: Bridge over troubled water?. Higher Education, 48(1), 529–551, 2004. https://doi.org/10.1023/B:HIGH.0000046725.16936.4c

Kaplan, A. M. & Haenlein, M. (2016). Higher education and the digital revolution: About MOOCs, SPOCs, social media, and the Cookie Monster. Business Horizons, 59(4), 441-450. https://doi.org/10.1016/j.bushor.2016.03.008

Knott, J. H. & Payne, A. A. (2004). The impact of state governance structures on managemente and performance of public organizations: a study of higher education institutions. Jornal of policy Analysis and Management, 23(1), 13-30. http://www.jstor.org/stable/3326188

Lacy, F. J. & Sheehan, B. A. (1997). Job satisfaction among academic staff: An international perspective. Higher Education, 34(1), 305–322. https://doi.org/10.1023/A:1003019822147

Li, Y., Gu, Y. & Liu, C. (2018). Prioritising performance indicators for sustainable construction and development of university campuses using an integrated assessment approach. Journal of Cleaner Production, 202(1), 959-968. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2018.08.217

Mainardes, E. W., Alves, H. & Raposo, M. (2011). The process of change in university management: from the "ivory tower" to entrepreneurialism. Transylvanian Review of Administrative Sciences, 33(1), 124-149. https://www.rtsa.ro/tras/index.php/tras/article/view/287

Muntean, M., Bologa, A., Bologa, R. & Florea, A. (2011). The use of multidimensional models to increase the efficiency of management support systems. International Journal of Mathematical Models and Methods in Applied Sciences, 5(8), 1-11. https://www.naun.org/multimedia/NAUN/ijmmas/17-207.pdf

O'kane, C., Mangematin, V., Geoghegan, W. & Fitzgerald, C. (2015). University technology transfer offices: The search for identity to build legitimacy. Research Policy, 44(2), 421-437. http://dx.doi.org/10.1016/j.respol.2014.08.003

Oliveira, E. F. T. de. (2018). Estudos métricos da informação no Brasil: indicadores de produção, colaboração, impacto e visibilidade. São Paulo: Cultura Acadêmica. 184 p. https://www.marilia.unesp.br/Home/Publicacoes/estudos-metricos-da-informacao-no-brasil---e-book.pdf

Pereira, R. S., Santos, I. C., Oliveira, K. D. S. & Leão, N. C. A. (2019). Metanálise como instrumento de pesquisa: Uma revisão sistemática dos estudos bibliométricos em Administração. Revista de Administração Mackenzie, 20(5), 2019. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712019000500301&lng=en&nrm=iso

Pop-vasileva, A., Baird, K. & Blair, B. (2014). The Work-related Attitudes of Australian Accounting Academics. Accounting Education: An International Journal, 23(1), 1-21. http://dx.doi.org/10.1080/09639284.2013.824689

Prodanov, C. C. & Fretas, E. C. (2013). Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale.

Rafalski, J. C. & Andrade, A. L. (2015). Home-Office: Aspectos Exploratórios do Trabalho a partir de Casa. Trends in Psychology, 23 (2), 431-441. http://dx.doi.org/10.9788/TP2015.2-14

Reis, F. P. G. dos. & Cunha, D. O. (2010). Políticas públicas & desenvolvimento regional. Campina Grande: EDUEPB.

Sabau, G., Munten, M., Bologa, A., Bologa, R. & Surcel, T. (2009). An Evaluation Framework for Higher Education ERP Systems. Wseas Transactions on Computers, 8(11), 1-10. http://www.wseas.us/e-library/transactions/computers/2009/29-795.pdf

Soares, J. R., Bordin, R. & Rosa, R. S. (2019). Indicadores de gestão e de qualidade nas instituições federais de ensino superior brasileiras - 2009-2016. Revista Eletrônica de Administração, 25(2). http://dx.doi.org/10.1590/1413-2311.250.95100

Ylijoki, O., Hans, M. (2003). Conflicting Time Perspectives in Academic Work. Time & Society, 12(1), 55-78. https://doi.org/10.1177/0961463X03012001364

Published

28/01/2022

How to Cite

SILVA, A. G. F. da; BARRETO, L. K. da S.; QUEIROZ, M. V. A. B.; SOUZA NETO, R. A. de; TRIGUEIRO, E. S. de O. Bibliometric analysis on university management approaches in publications on the Web of Science platform between 1945 and 2020. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 2, p. e36911226023, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i2.26023. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/26023. Acesso em: 25 jul. 2024.

Issue

Section

Human and Social Sciences