Applicability of Pasteur's Quadrant in research of stricto sensu courses: Nursing

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3475

Keywords:

Applied research; Nursing; Education; Nursing Graduate; Education professional.

Abstract

This study aimed to reflect the use of the propositions of the work O Quadrrante de Pasteur and its applicability in research of stricto sensu courses in nursing. To this end, a reflective theoretical study of a descriptive and qualitative nature was carried out. The scientific literature was also used to support the discussion and critical analysis, including books and scientific articles, obtained in online databases and in the sectoral library of a university institution, looking for references that adhered to the theme. In view of the analysis, it was possible to reflect that the considerations inherent to what Stokes calls Pasteur's Quadrant, underpin the theoretical reflection on the need to foster discussions about the most varied types of research in the stricto sensu modality in order to obtain the long-dreamed technological advance from research results in different academic and professional modalities. Given the above, it was possible to conclude that the research modalities in Pasteur's Quadrant are necessary for technological advances one at a time, with basic research being inspired by use as an alternative framing the current needs of society and academia.

Author Biographies

Cláudio José de Souza, Universidade Federal Fluminense

Graduado em Enfermagem e Obstetrícia (1997) pela Faculdade de Enfermagem Luiza de Marillac (FELM) e Nutrição (2018) pela Faculdade Bezerra de Araújo (FABA). Pós-Doutor, Doutor e Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências do Cuidado em Saúde, pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa (EEAAC) da Universidade Federal Fluminense (UFF). Atualmente Professor Adjunto A da Universidade Federal Fluminense em Graduação em Enfermagem na Unidade de Maior Complexidade: Emergência, Nefrologia e CTI, Coordenador e Docente de Pós-Graduação em Enfermagem em Terapia Intensiva e Professor Titular em Graduação em Enfermagem (FABA). Especialista em áreas de: Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana; Docência do Ensino Superior, Educação Profissional na Área de Saúde: Enfermagem; Gestão de Recursos Humanos; Pedagogia Social e Elaboração de Projetos; Coordenação Pedagógica e Planejamento e Enfermagem, Enfermagem em Urgência e Emergência e em Unidade de Terapia Intensiva. Tem experiência em Unidades de Terapia Intensiva Adulto, Unidade Coronariana, Pós-operatório de Cirurgias Cardíacas, Educação com ênfase em Enfermagem e Ensino de Competências e Gerenciamento de Cuidados de Enfermagem com nível organizacional, assistencial e educacional. . Membro do Grupo de Pesquisa: Cidadania e Gerência na Enfermagem - (NECIGEN - UFF). Colunista do Sistema de Educação Continuada (Secad). Autor do Livro: Manual de Rotina em Enfermagem Intensiva. Pós-operatório de Cirurgias Cardíacas, Educação com ênfase em Enfermagem e Ensino por Competências e Gerenciamento de Cuidados de Enfermagem em nível organizacional, assistencial e educacional. . Membro do Grupo de Pesquisa: Cidadania e Gerência na Enfermagem - (NECIGEN - UFF). Colunista do Sistema de Educação Continuada (Secad). Autor do Livro: Manual de Rotina em Enfermagem Intensiva. Pós-operatório de Cirurgias Cardíacas, Educação com ênfase em Enfermagem e Ensino de Competências e Gerenciamento de Cuidados de Enfermagem em nível organizacional, assistencial e educacional. . Membro do Grupo de Pesquisa: Cidadania e Gerência na Enfermagem - (NECIGEN - UFF). Colunista do Sistema de Educação Continuada (Secad). Autor do Livro: Manual de Rotina em Enfermagem Intensiva.

Zenith Rosa Silvino, Universidade Federal Fluminense

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal Fluminense (1982), graduação em Direito (1988), Licenciatura em Enfermagem (1983), Mestrado em Direito do Estado (1994), Doutorado em Enfermagem (2002) e Pós-Doutorado (2015) ) Atualmente é Professor Titular na área de Administração em Enfermagem da Universidade Federal Fluminense, atuando na graduação, Mestrado e Doutorado. Avaliadora de Cursos do INEP. Membro Titular da Academia Brasileira de Administração Hospitalar. Integra o Corpo Editorial e é consultora ad hoc de revistas renomadas. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Administração / Gerenciamento, atuando principalmente nos seguintes temas: Gerenciamento de Serviços de Saúde / Enfermagem, Gerenciamento de Cuidados em Saúde / Enfermagem, Gerenciamento de Segurança com foco na negociação: paciente,

Deise Ferreira de Souza, Universidade Federal Fluminense

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal Fluminense (1980), Habilitação em Enfermagem Médico-Cirúrgica pela Universidade Federal Fluminense (1982), Especialização em Administração de Serviços de Enfermagem pela Universidade Federal Fluminense (1985), Mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1999) e Doutorado em Ciências do Cuidado em Saúde pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa / UFF (2018). Membro do Grupo de Pesquisa em Cidadania e Gerência em Enfermagem (NECIGEN) e do Grupo de Pesquisa em Infecção e Segurança do Paciente. Professora Adjunta IV da Universidade Federal Fluminense. Atua na Graduação e Residência em Saúde Coletiva com disciplinas de gestão em saúde, Docente e Coordenadora do Curso de Especialização em Controle de Infecção em Assistência à Saúde. Tem experiência em assistência e docência em Administração em Enfermagem. Orientação da área de Administração em Enfermagem na rede básica e hospitalar, prevenção e controle de infecção, segurança do paciente, gestão de cuidados e história da enfermagem.

Barbara Pompeu Christovam, Universidade Federal fluminense

Graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal Fluminense (1987), Mestrado em Enfermagem pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2001), e Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem Anna Nery (2009). Encontra-se desenvolvendo pesquisas voltadas para o desenvolvimento do conceito de Gerência de Cuidados de Enfermagem e Saúde e Gerência de Cuidados com Pele e Lesões Cutâneas nos serviços de Saúde com ênfase / atenção Primária, bem como pesquisas de desenvolvimento tecnológico voltado para o Gerenciamento de Segurança Sanitária nos Serviços de Saúde - Monitoramento e Avaliação de Produtos para Saúde. Professora Associada da Área de Administração em Enfermagem da Universidade Federal Fluminense,

Fabiana Lopes Joaquim, Universidade Federal Fluminense

GRADUADA e LICENCIADA em ENFERMAGEM pela Universidade Federal Fluminense (2010); PÓS DOUTORA em CIÊNCIAS DO CUIDADO EM SAÚDE pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense (2019); DOUTORA em CIÊNCIAS DO CUIDADO EM SAÚDE pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense (2017) com período de Pesquisa e Pesquisa de 3 meses no Centro de Investigação Mente Cerebro e Comunicação (CIMCYP) na linha de pesquisa de Enfermagem do Programa Doutorado em Medicina Clínica e Saúde Pública da Universidade de Granada (UGR) - Espanha, com bolsa de estudo do Colégio Doutoral Tordesilhas de Enfermagem; MESTRE em CIÊNCIAS DO CUIDADO EM SAÚDE pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense (2014); ESPECIALISTA em CONTROLE DE INFECÇÃO EM ASSISTÊNCIA À SAÚDE pela Universidade Federal Fluminense (2012); ESPECIALISTA em SAÚDE DA FAMÍLIA pela Universidade Federal Fluminense (2013). Docente convidado do curso de especialização em Controle de Infecção em Assistência à Saúde da Universidade Federal Fluminense.

Marina Izu, Universidade Federal fluminense

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia (1987) e Habilitação em Enfermagem em Saúde Pública (1989) pela Universidade Federal Fluminense. É especialista em Enfermagem Obstétrica pela UERJ (1997), especialista em Enfermagem em Oncologia pelo INCA (2007), especialista em Enfermagem do Trabalho pela UNIPLI (2009). Possui título de Proficiência Técnica em Enfermagem em Hematologia e Hemoterapia pela Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (2008). Mestre em Enfermagem Assistencial pela Universidade Federal Fluminense (2012). Membro do Núcleo de Pesquisa Cidadania e Gerência na Enfermagem. Atualmente não está no Centro de Terapia Celular do Instituto Nacional de Câncer e no Núcleo de Epidemiologia do Hospital da Lagoa. atuando principalmente nos seguintes temas: câncer, trabalho noturno, sangue de cordão umbilical e placentário,

Carlos Marcelo Balbino, Universidade Federal fluminense

Doutorado em Ciências do Cuidado em Saúde pela Universidade Federal Fluminense. Mestre em Enfermagem Assistencial pela Universidade Federal Fluminense. Atualmente é Professor no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade de Vassouras, Professor do Centro Universitário de Valença, Professor da Fundação Educacional de Volta Redonda - FEVRE e FAETEC do Estado do Rio de Janeiro.

Lucimere Maria dos Santos, Universidade Federal Fluminense

Doutoranda em Ciências do Cuidado em Saúde pela Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense (EEAAC / UFF). Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial pela EEAAC / UFF. Possui Especialização em Terapia Intensiva pela Universidade Augusto Motta (2008), Especialização em Enfermagem Oncológica na Universidade Gama Filho (2010). Possui Graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário Augusto Motta (2007). Atua como Enfermeira no Instituto Nacional de Câncer (INCA) do Ambulatório de Oncologia Clínica e Hematologia. É membro da Comissão de Resíduos Hospitalares do INCA.Tem experiência na área de educação, enfermagem oncológica e pediátrica.

References

Academia Brasileira de Ciências. (2018). Considerações sobre o processo de avaliação da pós-graduação da capes. Contribuição da Academia Brasileira de Ciências. Disponível em: http://www.abc.org.br/IMG/pdf/sugestoes_capes.pdf Acesso em: 02 Abril 2020.

Andrade, E. A., Meira, M. D. D., Abdala, G. A., Araujo, J. N., Oliveira, N.C. (2018). Academic and professional development of graduates from health master programs: integrative literature review. International Journal of Development Research, 8(2):19084-9.

Brasil, Mitie Tada L.R.F. (2009). Quadrante de Pasteur: a ciência básica e a inovação tecnológica de Donald E. Stokes. Cadernos de História da Ciência, 5(2), 85-92. Recuperado em 04 de abril de 2020, de http://periodicos.ses.sp.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-76342009000200008&lng=pt&tlng=pt

Kuhn, T. S. (2011). A Estrutura das Revoluções Científicas. 3ª edição. São Paulo: Editora Perspectiva.

Matos, H. J. (2017). O quadrante de Pasteur e a pesquisa clínica: por um mundo melhor. Revista Pan-Amazônica de Saúde, 8(3):7-8.

Pereira, A.S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1. Acesso em: 02 Abril 2020.

Perruci, V. & Mueller, S; P. M. (2016). Produção de conhecimento científico e tecnológico nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia: uma investigação sobre a sua natureza e aplicação. Revista Perspectivas da Ciência da Informação, 21(1):134-151.

Scochi, C. G. S., Munari, D. B., Gelbcke, F.L., Erdmann, A. L., Gutiérrez, M. G. R.& Rodrigues, R. A. P. (2013). Pós-graduação Stricto Sensu em Enfermagem no Brasil: avanços e perspectivas. Revista Brasileira de Enfermagem, 66(spe): 80-89.

Silva, R. S. (2015). Pós-graduação e a pesquisa em enfermagem na América latina: avanços e desafios. Revista Cuidarte, 6(2):1019-1021.

Souza, C. J. & Silvino, Z.R. (2018). A paradigmatic visionary perspective: professional master’s in nursing. Revista Brasileira de Enfermagem, 71(5):2584-8.

Stokes, D.E. (2009). O Quadrante de Pasteur: a ciência básica e a inovação tecnológica. São Paulo: Editora da Unicamp.

Published

12/04/2020

How to Cite

SOUZA, C. J. de; SILVINO, Z. R.; SOUZA, D. F. de; CHRISTOVAM, B. P.; JOAQUIM, F. L.; IZU, M.; BALBINO, C. M.; SANTOS, L. M. dos. Applicability of Pasteur’s Quadrant in research of stricto sensu courses: Nursing. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 6, p. e45963475, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i6.3475. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/3475. Acesso em: 31 jan. 2023.

Issue

Section

Health Sciences