Analyze of persistence and school dropout in Youth and Adult Education: A case study in the Municipality of Castanhal-Pará

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3481

Keywords:

School dropout; Public policy; Methodologies Differentiated and contextualized; Persistence.

Abstract

Youth and Adult Education (EJA) is a specific modality of Basic Education aimed at the school inclusion of a public that was excluded from education during their childhood or adolescence. In this perspective, a study was developed whose objective is to identify the factors that contribute to the persistence and school dropout of students from EJA in the northeast, Castanhal-PA and propose actions for the permanence of EJA students. The locus of the research consisted of three municipal schools located in peripheral neighborhoods, which also have students from the countryside. The research was qualitative and quantitative, carried out with students, teachers, managers and education specialists. Quantitative data were acquired through on-site research and qualitative data through interviews and socioeconomic questionnaires. Among the predicted variables of the reason for the evasion of EJA students at school, low marks stand out, lack of interest, illness, work, among others; the variables diagnosed as the reason for the persistence of these students, among others, were: learning to read and write, developing the ability to solve problem situations and the search for professional qualification. It was found that social variables have a significant impact on students' persistence and / or dropout.

Author Biographies

Maria do Perpetuo do Socorro Ramos Xavier, Universidade Federal do Pará

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e em Ensino Religioso pela Arquidiocese de Belém-Pa; Especialista em Educação para Jovens e Adultos pela Universidade de Brasília(UnB); Mestre em Estudos Antrópicos (PPGEAA/UFPA, 2017-2019). Assessora técnico pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Castanhal e Coordenadora do Programa "PLANETA LETRADO" da Educação de Jovens, Adultos e Idosos(EJA).

Marcos César da Rocha Seruffo, Universidade Federal do Pará

Marcos César da Rocha Seruffo possui graduação em Tecnologia em Processamento de Dados pelo Centro Universitário do Estado do Pará (CESUPA - 2004), é especialista em Suporte Técnico de Sistemas Computacionais pela Universidade Federal do Pará (UFPA - 2005), Mestre em Ciências da Computação (PPGCC - UFPA - 2008) e Doutor em Engenharia Elétrica, com ênfase em Computação Aplicada (PPGEE - UFPA - 2012). Atualmente é Professor Adjunto nível IV da Universidade Federal do Pará e está fazendo o estágio de Pós Doutorado na PUC-RJ. Está vinculado como Professor Permanente do Programa de Pós Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA), Professor Colaborador do Programa de Pós Graduação em Engenharia Elétrica (PPGEE) e Professor Colaborador do Programa de Pós Graduação em Ciências da Computação (PPGCC). Foi Diretor da Faculdade de Computação (2013-2015) do Campus Castanhal. Foi Diretor da Faculdade de Engenharia da Computação e Telecomunicações - Instituto de Tecnologia (2017-2019). Foi Vice-Coordenador do Programa de Pós Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (2017-2019). Atua como Pesquisador do Laboratório de Pesquisa Operacional (LPO). Coordena e participa de atividades de ensino, pesquisa e extensão através de projetos nacionais e internacionais em áreas interdisciplinares, dentre estas: Tecnologias Sociais, Experiência do Usuário, Mineração de Dados, Redes de Computadores e Informática na Educação.

Yomara Pinheiro Pires, Universidade Federal do Pará

Possui graduação em Tecnólogo Em Processamento de Dados pela Universidade da Amazônia (1997), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (2003) e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (2009). Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Pará , atuando na Faculdade de Computação e no Programa de Pós-Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA/UFPA) no Campus Universitário de Castanhal. É coordenadora do PPGEAA/UFPA ,em nível de mestrado. Coordena o projeto Meninas Paidéguas, projeto pertencente ao Programa Meninas Digitais da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). Tem experiência na área de Ciência da Computação e Engenharia de Software, atuando principalmente nos seguintes temas: engenharia de software, informática e educação, inteligência artificial, mineração de dados e computação afetiva.

References

Arroyo, M. G. (2017). Passageiros da noite: do trabalho para a EJA: itinerários pelo direito a uma vida justa. Editora Vozes Limitada.

Barcelos, V. (2010). Educação de jovens e adultos: currículo e práticas pedagógicas, Petrópolis, RJ: Vozes.

Bourdieu, P. (1999). Escritos de educação, Ciências sociais da educação, Editora Vozes.

Di Pierro, M. C. (2005). Notas sobre a redefinição da identidade e das políticas públicas de educação de jovens e adultos no Brasil. Educação & Sociedade, 26(92), 1115-1139.

Freire, P. (1987). Pedagogia do Oprimido. 17ª edição. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 259-268.

Freire, P. (2008). Educação e mudança, Coleção educação e comunicação, Paz e Terra.

Freire, P. (2014). Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Haddad, S., & Di Pierro, M. C. (1994). Diretrizes de política nacional de educação de jovens e adultos: consolidação de documentos 1985/1994.

Luckesi, C. C. (2014). Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. Cortez editora.

Patto, M. H. S. (1987). A produção do fracasso escolar: historias de submissão e rebeldia.

Patto, M. H. S. (1997). Introdução à psicologia escolar. Casa do Psicólogo.

Patto, M. H. S. (2015). A produção do fracasso escolar: histórias de submissão e rebeldia.

Perrenoud, P. (1993). Não mexam na minha avaliação! Para uma abordagem sistémica da mudança pedagógica. ESTRELA, A; NÓVOA, A. Avaliação em educação: novas perspectivas. Porto, Pt: Porto Editora, 173.

Perrenoud, P. (1999). Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens-entre duas lógicas. In Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens-entre duas lógicas (pp. 183-183).

Pereira, A.S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [e-book]. Santa Maria. Ed. UAB/NTE/UFSM. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle /1/15824/Lic_ Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1. Acesso em: 16 Abril 2020.

SEMED, S. M. d. E. d. C.-P. (2018). Rendimento final 2013-2018.

SOEK, A. M. e. a. (2009). Mediações pedagógicas na alfabetização de jovens e adultos: ciências humanas, Positivo.

Yin, R. K. O Estudo de caso. Porto Alegre: Bookman, 2015.

Published

23/04/2020

How to Cite

XAVIER, M. do P. do S. R.; SERUFFO, M. C. da R.; PIRES, Y. P. Analyze of persistence and school dropout in Youth and Adult Education: A case study in the Municipality of Castanhal-Pará. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 6, p. e190963481, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i6.3481. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/3481. Acesso em: 30 jan. 2023.

Issue

Section

Education Sciences