Nosocomial pneumonia: Impact of the Dentist in the Intensive Care Unit (ICU)

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v12i12.44026

Keywords:

Nosocomial pneumonia; ICU; Dental surgeon; Oral hygiene; Hospitalization.

Abstract

Nosocomial pneumonia is a respiratory tract infection acquired in the Intensive Care Unit (ICU), most often after the first 48 hours of the patient's intubation. The dental surgeon includes from the moment he favors oral maintenance, where the patient is unable to perform basic tasks, such as daily oral hygiene. The fragility of patients undergoing hospitalization allows them to become more vulnerable to bacterial infections, causing complications that put their lives at risk. This literature review sought to show the importance of including the dentistry professional in the multidisciplinary team. The methodology of this work was carried out through research into scientific articles that prove the importance of implementing dental surgeons in ICUs, obtaining results that validate that prevention through oral hygiene in bedridden patients points to a significant disadvantage in the amount of cases that would possibly evolve into nosocomial pneumonia.

References

Albuquerque, D. M. S., Bedran, N. R., Queiroz, T. F., Neto, T. S., & Senna, M. A. A. (2016). A importância da presença do cirurgião dentista na equipe multidisciplinar das unidades de tratamento intensivo. Revista Fluminense de Odontologia, 22(45): 1413-2966.

Amaral, C. O. F., Marques, J. A., Bovolato, M. C., Parizi, A. G. S., Oliveira, A., & Straioto, F. G. (2013). Importância do cirurgião dentista em Unidade de Terapia Intensiva: avaliação multidisciplinar. Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent, 67(2): 0004-5276.

Batista, S. A., Siqueira, J. S. S., Junior, A. S., Ferreira, M. F., Agostini, M., & Torres, S. R. (2014). Alterações orais em pacientes internados em unidades de terapia intensiva. Ver. Bras. Odontol, 71(2): 1984-3747.

Blum, D. F. C., Silva, J. A. S., Baeder, F. M., & Bona, A. D. (2018). A atuação da odontologia em unidades de terapia intensiva no Brasil. Rev. Bras. Ter. Intensiva, 30(3): 327-332.

Carvalho, R. C. L., Filho, R. N., Braga, R. N., Silva, G. C., Marques, D. M. C., & Carvalho, T. Q. A. (2021). Atuação do cirurgião-dentista no cuidado de pacientes em unidades de terapia intensiva durante a pandemia da Covid-19. Brazilian Journal of Health Review, 4(2): 9473-9487.

Chicayban, L. M., Terra, E. L. V. S., Ribela, J. S., & Barbosa, P. F. (2017). Bundles de prevenção de pneumonia associada a ventilação mecânica: a importância da multidisciplinaridade. Revista Perspectiva Online: Biológicas e saúde, 7(25): 25-35.

Cordeiro, A. M., Oliveira, G. M., Rentería, J. M., & Guimarães, C. A. (2007). Revisão sistemática: Uma revisão narrativa. Rev. Col. Bras. Cir, 6(34): 0100-6991.

Costa, B. E. R. N., Silva, D. L., & Varejão, L. C. (2021). O odontologista frente a prevenção da Pneumonia Associada a Ventilação Mecânica (PAVM) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Research, Society and Development, 10(13): 2525-3409.

Costa, M. R., Tôrres, N. S., Ferreira, A. N. S., Lima, J. K. B., Sobrinho, J. E. L., & Leite, A. F. (2020). Avaliação da condição de saúde bucal de pacientes internados nas enfermarias do hospital regional do agreste, Caruaru-PE. Mundo da Saúde, 44: 642-652.

Cruz, M. K., Morais, T. M. N., & Trevisani, D. M. (2014). Avaliação clínica da cavidade bucal de pacientes internados em unidade de terapia intensiva de um hospital de emergência. Rev. Bras. Ter. Intensiva, 26(4): 379-383.

De Luca, F.A., Santos, P. S. D. S., Júnior, L. A. V., Barbério, G. S., Albino, L. G. S., & Castilho, R. L. (2017). A importância do cirurgião-dentista e a proposta de um protocolo operacional padrão–pop odontológico para UTIs. Revista Uningá, 51(3): 69-74.

Di Paolo, G. B., Pereira, C. S., Júnior, A. R. S., Machado, F. C., & Carvalho, T. A. (2021). Impactos da higiene bucal de pacientes em terapia intensiva na pneumonia nosocomial e associada à ventilação mecânica: revisão integrativa da literatura. Research, Society and Development, 10 (13): 2525-3409.

Júnior, A. C. S., Xavier, I. P., Silveira, L. M., Stabile, A. M., Cárnio, E. C., Gusmão, J. L., & Souza, A. L. T. (2020). Higiene oral: atuação da equipe de enfermagem em ambiente hospitalar. Revista de enfermagem referência, 5(1): 2182-2883.

Leite, J. C., Propércio, S. C., & Rocha, A. P. (2022). A importância do cirurgião-dentista na unidade de terapia intensiva (UTI). Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação- REASE, 8(5): 2675-3375.

Lima, T. R., Costa, L. S., Neto, E. S. C., Mesquita, N. B., Brito, L. F., & Silveira, V. R. S. (2019). Perda dentária e doença periodontal associada ou não a condições sistêmicas-revisão de literatura. Periodontia, 29(2): 31-42.

Makabe, M. L., Santos, P. S., Pires, M. F. C. (2019). Higienização bucal em pacientes de Unidade de terapia intensiva (UTI) como fator de redução de focos de infecção secundária de um Hospital Público na cidade de São Paulo, SP, Brasil. Sec. Est. Saúde SP, 16(187): 1-15.

Martins, A. F., & Sousa, C. O. (2022). Importância do cirurgião-dentista na unidade de terapia intensiva (UTI). Caderno de Odontologia do Unifeso, 4(2): 2674-8223.

Mattevi, G. S., Figueiredo, D. R., Patrício, Z. M., & Rath, I. B. S. (2011). A participação do cirurgião-dentista em equipe de saúde multidisciplinar na atenção à saúde da criança no contexto hospitalar. Ciênc. Saúde coletiva, 16(10): 4229-4236.

Mauri, A. P., Silva, M. R., Vale, M. C. S., Rios, P. A. G. S., & Seroli, W. (2021). A importância do cirurgião dentista no ambiente hospitalar para o paciente internado em Unidade de Terapia Intensiva. Uma revisão bibliográfica. E-Acadêmica, 2(3): 2675-8539.

Menezes, M. L. F. V., Macedo, Y. V. G., Ferraz, N. M., Matos, K. F., Pereira, R. O., Fontes, N. M., Batista, M. I. H. M., & Paulino, M. R. (2020). A importância do controle do biofilme dentário: uma revisão da literatura. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 55: 2178-2091.

Neves, P. K. F., Lima, A. C. S. M., & Maranhão, V. F. (2021). Importância do cirurgião-dentista na unidade de terapia intensiva. Odontol. Clín. Cient, 20(2): 37-45.

Orlandini, T. R. M., Basualdo, A., & Olliveira, K. C. (2013). Manutenção da higiene oral de pacientes internados em unidades de terapia intensiva de hospitais. J Oral Invest, 2(2): 4-8.

Ranzani, O. T., Prina, E., & Torres, A. (2014). Pneumonia nosocomial na unidade de terapia intensiva: é possível prever falha no tratamento? Rev. Bras. Ter. Intensiva, 26(3): 208-211.

Rocha, A. L., & Ferreira, E. F. (2014). Odontologia hospitalar: a atuação do cirurgião dentista em equipe multiprofissional na atenção terciária. Arq. Odontol, 50(4): 1516-0939.

Rocha, S. C., Travassos, D. V., & Rocha, N. B. (2021). Os benefícios da Odontologia Hospitalar para a população: Uma revisão de escopo. Research, Society and Development, 10(4): 2525-3409.

Roriz, V. M., Boaventura, V. L., & Dalbello, D. N. G. (2014). Perfil periodontal e episódios de pneumonias nosocomiais em pacientes internados em uma UTI: estudo piloto. Rev. Odontol. Bras. Central, 23(67): 1981-3708.

Santi, S. S., & Santos, R. B. (2016). A prevalência da pneumonia nosocomial e sua relação com a doença periodontal: revisão de literatura. RFO, 21(2): 260-266.

Silva, J. F. T., Brito, J. S., Alves, N. S., Santos, I. R. S., Júnior, C. P. S., Araújo, B. A. F., Sousa, E. O., Cruviel, M. F. S., Silva, D. L., Hillades, M. V. P., Oliveira, B. A., & Morais, G. H. D. (2021). Pneumonia associada a ventilação mecânica: estratégias de prevenção utilizadas pela equipe multiprofissional. Research, Society and Development, 10(9): 2525-3409.

Soares, H. L., Machado, L. S., & Machado, M. S. (2022). Atendimento odontológico em pacientes na UTI: Uma revisão de literatura sobre as doenças mais comuns causadas pela má higienização bucal e a importância do Cirurgião dentista no ambiente hospitalar. Research, Society and Development, 11(12): 2525-3409.

Souto, R., Boghossian, C. M. S., & Colombo, A. P. V. (2014). Prevalência de Pseudomonas aeruginosa e Acinetobacter spp. no biofilme subgengival e na saliva de indivíduos com infecção periodontal crônica. Braz J Microbiol, 45(2): 495-501.

Souza, A. F., Guimarães, A. C., & Ferreira, E. F. (2013). Avaliação da implementação de novo protocolo de higiene bucal em um centro de terapia intensiva para prevenção de pneumonia associada à ventilação mecânica. Ver. Min. Enferm, 17(1): 177-184.

Souza, D. E., Fisher, T. K., & Santos, C. T. (2022). A microbiota da cavidade oral e a relação com a pneumonia associada à ventilação mecânica em pacientes de UTI. Revista Saúde e Desenvolvimento, 16(25): 48-58.

Souza, E. R. L., Cruz, J. H. A., Gomes, N. M. L., Palmeira, J. T., Oliveira, H. M. B. F., Guênes, G. M. T., Alves, M. A. S. G., & Filho, A. A. O. (2020). Fisiopatologia da pneumonia nosocomial: uma breve revisão. Arch Health Invest, 9(5): 485-492.

Souza, M. C. A., Inocêncio, A. P. S., Silva, M. A. M., & Trajano, E. T. L. (2019). Prevalência de pneumonia associada à ventilação mecânica em pacientes na Unidade de Terapia Intensiva após implementação de protocolo de higiene bucal. Archives Of Health Investigation, 8(8): 2317-3009.

Tulio, K. S. C., Stramandinoli-zanicotti, R. T., Dirschnabel, A. J., Schussel, J. L., Wasilewski, J. H. S., Krelling, A., Beltrame, O. C., Martins, C. R. W., & Sassi, L. M. (2018). Alterações no perfil da microbio0ta bucal durante permanência na UTI: colonização por patógenos respiratórios potenciais. Arch Health Invest, 7(9): 351-357.

Vilela, M. C. N., Ferreira, G. Z., Santos, P. S. S., & Rezende, N. P. M. (2015). Higiene bucal e pneumonia nosocomial: uma revisão sistemática. Einstein (São Paulo), 13(2): 290-296.

Yoshizawa, J. M., Schafer, C. A., Schafer, J. J., Farrell, J. J., Paster, B. J., & Wong, D. T. (2013). Biomarcadores salivares: Rumo a futuras utilidades clínicas e diagnósticas. Clinical Microbiology Reviews, 26(4): 781-791.

Published

22/11/2023

How to Cite

CABRAL , J. B. da S. .; SILVA, R. dos S. .; SILVA, D. B. S. da .; PEREIRA, T. F. .; TORRES, E. da S. . Nosocomial pneumonia: Impact of the Dentist in the Intensive Care Unit (ICU). Research, Society and Development, [S. l.], v. 12, n. 12, p. e142121244026, 2023. DOI: 10.33448/rsd-v12i12.44026. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/44026. Acesso em: 26 feb. 2024.

Issue

Section

Review Article