Physicochemical, hygienic and microbiological characteristics of raw milk and water in dairy farms in Teresina, PI

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i10.6107

Keywords:

Bacteria; Coliforms; Potability.

Abstract

The lack of quality in milk can cause significant economic and technological losses for both the industry, as well as for producers and consumers. The present work had as objective to evaluate the physical - chemical and hygienic - sanitary characteristics of the raw milk and the water used in the production of the dairy properties of the Municipality of Teresina, PI. 12 milk samples and 12 water samples were collected and analyzed. For the physical-chemical analysis of milk, the Ekomilk total milk analyzer and Dornic acidimeter were used. For microbiological analyzes of milk and water, Total Bacterial Counting (CFU / mL) was performed and for the detection of total coliforms and E. coli (NMP / 100mL in water, Colilert® (IDEXX) was used. % of the properties analyzed are in disagreement with the standards required for food production establishments of animal origin, not simultaneously corresponding to the qualities required for milk quality and water potability.

References

Amaral, L. D., Romano, A. P. M., Nader Filho A., & Rossi Junior, O. D. (2004). Qualidade da água em propriedades leiteiras como fator de risco à qualidade do leite e à saúde da glândula mamária. Arquivo do Instituto Biológico, 71(4), 417-421.

Beloti, V., Barros, M. A. F., Souza, J. A., Nero, L. A., Santana, E. H. W., Balarin, O., & Curiaki, Y. (1999). Avaliação da qualidade do leite cru comercializado em Cornélio Procópio, Paraná. Controle do consumo e da comercialização. Semina: Ciências Agrárias, 20(1), 12-15.

Beloti, V., Riberio Júnior, J. C., Tamanine, R., Yamada, A. K., Cavaletti, L., Shecaira, C. L., & Silva, F. F. D. (2011). Qualidade microbiológica e físico-química do leite cru refrigerado, produzido no município de SAPOPEMA/PR [Microbiological quality and physical chemistry of raw refrigerated milk produced in the city SAPOPEMA/PR]. R. Cient. Eletrôn. Med. Vet, 9, 16.

Bueno, V., Mesquita, A., Nicolau, E., Mansur, J., & Neves, R. (2002). Parameters of microbiological quality of raw milk and water in dairy farms in Goiás state-Brazil. In II Congresso Panamericano de Qualidade do Leite e Controle de Mastite, Ribeirão Preto, SP

Brasil. (1997). Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal–RIISPOA. Aprovado pelo Decreto no 30.691, de 29/03/52, alterado pelo Decreto n° 1255 de 25/06/62. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil.

Brasil. (2002). Instrução Normativa nº 51, de 20 de setembro de 2002: Aprova os regulamentos técnicos de produção, identidade e qualidade do leite tipo… Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil.

Brasil. (2002). Instrução Normativa n°. 51: Aprova os regulamentos técnicos de produção, identidade, qualidade, coleta e transporte de leite. Diário Oficial da União, Brasília, 1, 13-21.

Brasil. (2003). Instrução Normativa n° 22, de 14 de abril de 2003. Métodos Analíticos Oficiais Físico-Químicos, para Controle de leite e produtos Lácteos. Brasília, 1, 3.

Brasil. (2003). Instrução Normativa nº 62, de 26 de agosto de 2003: Oficializa os Métodos Analíticos Oficiais para Análises Microbiológicas para Controle de Produtos de Origem Animal e Água. Diário Oficial da União, Brasilia, 1, 14.

Brasil. (2004). Portaria ANVISA nº 518, de 25 de março de 2004, Estabelece os procedimentos e responsabilidades relativas ao controle e vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, DF.

Borges T, et al. Quanta lactose há no meu iogurte? Acta Pediatr Port 2010; 41(2):75-8.

Embrapa. (2010) gado de leite. Produção de leite, vacas ordenhadas e produtividade animal no Brasil – 1980/2010.Recuperado de <http://www.cnpgl.embrapa.br/index_.php>.

Fagan, E. P., Tamanini, R., Fagnani, R., Beloti, V., Aguiar, F. B., & Jobim, C. C. (2008). Avaliação de padrões físico-químicos e microbiológicos do leite em diferentes fases de lactação nas estações do ano em granjas leiteiras no Estado do Paraná–Brasil. Semina: Ciências Agrárias, 29(3), 651-660.

Fonseca, L. D. S. (2000). MV dos. Resíduos de antibióticos e qualidade do leite. In_. Qualidade do leite e controle da mastite.

Freitas, J. D. A., Oliveira, J. P. D., & Galindo, G. A. R. (2005). Avaliação da qualidade higiênico-sanitária do leite exposto ao consumo na região metropolitana de Belém-PA. Revista do Instituto Adolfo Lutz (Impresso), 64(2), 212-218.

Gonzalez, F. H. D. (2001). Composição bioquímica do leite e hormônios da lactação. Uso do leite para monitorar a nutrição e o metabolismo em vacas leiteiras. Porto Alegre: UFRGS. 5-21.

Gracindo, A. P. A. C. (2009). Produzindo leite de alta qualidade. EMPARN.

Khan, S., Qureshi, M. S., Ahmad, N. Effect of pregnancy on lactation milk value in dairy buff aloes. Asian Aust. J. Anim. Sci., 21, 523-531. 2008.

Lacerda, L. M., Mota, R. A., & Sena, M. J. (2009). Qualidade microbiológica da água utilizada em fazendas leiteiras para limpeza das tetas de vacas e equipamentos leiteiros em três municípios do Estado do Maranhão. Arquivo do Instituto Biológico, (76).

Mattos, M. R., Beloti, V., Tamanini, R., Magnani, D. F., Nero, L. A., Barros, M. D. A. F., & Paquereau, B. P. D. (2010). Qualidade do leite cru produzido na região do agreste de Pernambuco, Brasil. Semina: Ciências Agrárias, 31(1), 173-181.

Nero, L. A., Maziero, D., & Bezerra, M. M. (2003). Hábitos alimentares do consumidor de leite cru de Campo Mourão–PR. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, 24(1), 21-26.

Nero, L. A., Mattos, M. R. D., Beloti, V., Barros, M. D. A., Pinto, J. P. D. A., Andrade, N. J. D., & Franco, B. D. (2005). Leite cru de quatro regiões leiteiras brasileiras: perspectivas de atendimento dos requisitos microbiológicos estabelecidos pela Instrução Normativa 51. Food Science and Technology, 25(1), 191-195.

Nero, L. A., Mattos, M. R. D., Beloti, V., Barros, M. A. F., & Franco, B. D. G. D. M. (2007). Resíduos de antibióticos em leite cru de quatro regiões leiteiras no Brasil. Food Science and Technology, 27(2), 391-393.

Rapini, L., Cerqueira, M., Souza, R., Souza, M., & Penna, C. (2003). Qualidade microbiológica da água de propriedades leiteiras na região metropolitana de Belo Horizonte–MG. Revista do Instituto de Laticínio Cândido Tostes, 58, 95-98.

Rosa, L. S. D., & Queiroz, M. I. (2007). Avaliação da qualidade do leite cru e resfriado mediante a aplicação de princípios do APPCC. Food Science and Technology, 27(2), 422-430.

Santana, E. D., Beloti, V., Barros, M. D. A. F., Moraes, L. D., Gusmão, V. V., & Pereira, M. S. (2009). Contaminação do leite em diferentes pontos do processo de produção: I. Microrganismos aeróbios mesófilos e psicrotróficos. Semina: Ciências Agrárias, 22(2), 145-154.

Silveira, M. L. R., & Bertagnolli, S. M. M. (2014) Avaliação da qualidade do leite cru comercializado informalmente em feiras livres no município de Santa Maria-RS. Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 2(2), 75-80.

Vallin, V. M., Beloti, V., Battaglini, A. P. P., Tamanini, R., Fagnani, R., da Angela, H. L., & da Silva, L. C. C. (2009). Melhoria da qualidade do leite a partir da implantação de boas práticas de higiene na ordenha em 19 municípios da região central do Paraná. Semina: Ciências Agrárias, 30(1), 181-188.

Viana, L. R., Henzel, A., Spricigo, D. A., Loguercio, A. P., Witt, N. M., & Vargas, A. C. (2002). Qualidade do leite in natura recebido pela usina escola de laticínios da UFSM. In XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, Gramado, RS. 10.

Yamazi, A. K., Moraes, P. M., Viçosa, G. N., Ortolani, M. B. T., & Nero, L. A. (2010). Práticas de produção aplicadas no controle de contaminação microbiana na produção de leite cru. Bioscience Journal, 26(4), 610-618.

Published

21/09/2020

How to Cite

SOARES FILHO, J. F.; CARDOSO FILHO, F. das C.; SOUZA, F. K. P. de; NOBREGA, M. M. G. P. de. Physicochemical, hygienic and microbiological characteristics of raw milk and water in dairy farms in Teresina, PI. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 10, p. e1629106107, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i10.6107. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/6107. Acesso em: 8 aug. 2022.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences