Production and commercialization of Smoked Liquid Sheet in the community of Jamaraquá, Tapajós National Forest

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i10.8609

Keywords:

Amazon; Traditional communities; Non-Timber Forest Products; Latex.

Abstract

The Amazon has a rich biodiversity, but strong pressure is on this area, as is the case with the timber sector, with the need to seek measures to mitigate these impacts. Thus, the exploration of Non-Timber Forest Products (NTFPs) appears as an alternative, as it has a great socioeconomic and environmental potential, as is the case of the Smoked Liquid Leaf (FDL), a product derived from the processing of rubber, which has has stood out in the Amazon, mainly in the Jamaraquá community, located in the Tapajós National Forest. With that, it became necessary the quantitative and qualitative evaluation of the manufacture of FDL, as well as its uses and improvements within the Jamaraquá community. With the monitoring from the process of removing latex from the rubber tree by the community to the final product, it is evident that the processing of rubber provides the greatest added value to the product, as is the case with the use of FDL for the manufacture of bio-jewelry and shoes products with higher added value, making the sale of natural rubber less frequent and almost unviable, due to the low market value. It is clear, therefore, that Folha Defumada Net provides an important addition to the income of community members, especially when directed outside the community, and that investment in the technical training of traditional communities is shown to be advantageous, especially for the local economy.

References

Alvares, C. A., Stape, J. L., Sentelhas, P. C., de Moraes Gonçalves, J. L., & Sparovek, G. (2013). Köppen's climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, 22(6), 711-728. DOI: http://dx.doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507 (IBAMA, 2004).

Amaral, A. J. P., & Samonek, F. (2006). Borracha amazônica: arranjos produtivos locais, novas possibilidades e políticas públicas. Paper do NAEA, (191).

Balzon, D. R., da Silva, J. C. G. L., & dos Santos, A. J. (2004). Aspectos mercadológicos de produtos florestais não madeireiros análise retrospectiva. Floresta, 34(3).

da Costa, D. L., Gama, J. R. V., Gomes, K. M. A., de Oliveira Melo, L., DOS SANTOS, M. F., & de Sousa Leite, R. ESTRUTURA POPULACIONAL E PRODUTIVIDADE DE SERINGUEIRAS NA FLORESTA NACIONAL DO TAPAJÓS, PARÁ. ESTRUTURA POPULACIONAL E PRODUTIVIDADE DE SERINGUEIRAS NA FLORESTA NACIONAL DO TAPAJÓS, PARÁ, 1-388. DOI: 10.22533/at.ed.9861924077

dos Santos Duarte, L., & de Olivieira, L. S. (2018). ANÁLISE DA QUALIDADE EM PROTÓTIPOS DE BOLSAS DE FOLHA DEFUMADA LÁQUIDA, FOLHA SEMI ARTEFATO E LAMINADO VEGETAL INDUSTRIAL. Revista Produção Industrial e Serviços, 5(1), 87-102.

Dos Santos, A. J., Hildebrand, E., Pacheco, C. H., Pires, P. D. T. D. L., & Rochadelli, R. (2003). Produtos não madeireiros: conceituação, classificação, valoração e mercados. Floresta, 33(2).

Elias, G. A., & dos Santos, R. (2016). Produtos florestais não madeireiros e valor potencial de exploração sustentável da Floresta Atlântica no sul de Santa Catarina. Ciência Florestal, 26(1), 249-262.

Fearnside, P. M. (2009). A floresta amazônica nas mudanças globais. Editora INPA.

Ferreira, V. (2004). Entrevistas focalizadas de grupo: Roteiro da sua utilização numa pesquisa sobre o trabalho nos escritórios. In Actas dos ateliers do Vº Congresso Português de Sociologia (pp. 102-107). Associação Portuguesa de Sociologia.

Gama, J. R. V., dos Santos Vieira, D., dos Santos, S. B., & dos Santos, M. R. G. (2017). Potencial de produção dos seringais de Jamaraquá, estado do Pará. Advances in Forestry Science, 4(1), 77-82.

Gomes, K. M. A. (2019). Características dendrométricas, aspectos silviculturais e produtividade de plantios de Hevea guianensis Aubl. na Floresta Nacional do Tapajós, estado do Pará (Doctoral dissertation, UFRA).

Guerra, F. G. P. D. Q. (2008). Contribuição dos Produtos Florestais Não Madeireiros na geração de renda na Floresta nacional do Tapajós–Pará (Doctoral dissertation, Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Paraná, Curitiba).

IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Floresta Nacional do Tapajós: Plano de Manejo. Brasília: IBAMA; 2004. 580p.

Kanashiro, M. (2014). O manejo florestal e a promoção da gestão dos recursos florestais em áreas de uso comunitário e familiar na Amazônia. Cadernos de Ciência & Tecnologia, 31(2), 421-427.

Leitão Filho, H. D. F. (1987). Considerações sobre a florística de florestas tropicais e sub-tropicais do Brasil. IPEF, 35(35).

Lopes, J. R., & Schierholt, A. F. P. (2018). PRODUÇÃO DE BIOJOIAS NO NORTE DO BRASIL: análise dos impactos institucionais, ambientais e de mercado em redes de sustentabilidade locais. InterEspaço: Revista de Geografia e Interdisciplinaridade, 4(12), 155-173.

Machado, F. S. (2008). Manejo de produtos florestais nao madeireiros: um manual com sugestores para o manejo participativo em comunidades da Amazonia (No. 634.92098113 M149). Grupo de Pesquisa e Extensao em Sistemas Agroflorestais do Acre, Acre (Brasil).

Merico, L. F. K. (1996). Introdução à economia ecológica. Blumenau: Ed. da FURB.

Oliveira, D., Gazolla, M., & Schneider, S. (2011). Produzindo novidades na agricultura familiar: agregação de valor e agroecologia para o desenvolvimento rural. Cadernos de Ciência & Tecnologia, 28(1), 17-49.

Pinho, E. R. P., Silva, E. D., Pereira, M. G., & de Sousa, W. L. (2020). Análise da cadeia produtiva do látex na comunidade Maguari, Belterra, Pará, sob a perspectiva da inovação schumpeteriana. REVISTA CIÊNCIAS DA SOCIEDADE, 4(7), 30-47.

Queiroz, H. L., & Peralta, N. (2006). Reserva de Desenvolvimento Sustentável: Manejo integrado dos recursos naturais e gestão participativa. Dimensões humanas da biodiversidade, 447-476.

Santos, M. F. D., Costa, D. L. D., Gama, J. R. V., Sousa, I. R. L. D., & Freitas, B. B. D. (2018). Produção de biojóias e geração de renda de artesãs na comunidade Jamaraquá, Belterra, Pará. Cadernos de Agroecologia, 13(1).

Shanley, P., Pierce, A., & Laird, S. (2005). Além da Madeira: a certificação de produtos florestais não-madeireiros. Center for International Forestry Research (CIFOR).

Veloso, H. P., Rangel-Filho, A. L. R., & Lima, J. C. A. (1991). Classificação da vegetação brasileira, adaptada a um sistema universal. Ibge.

Viçosa, F. D. V. C. (2018). Rêgo, Lyvia Julienne Sousa, 1989-R343p 2018 (Doctoral dissertation, Universidade Federal de Viçosa).

Published

26/09/2020

How to Cite

SANTOS, D. W. da S.; MARINHO, D. R. . Production and commercialization of Smoked Liquid Sheet in the community of Jamaraquá, Tapajós National Forest. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 10, p. e2709108609, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i10.8609. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/8609. Acesso em: 25 jun. 2022.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences