University extension and its inluence on the formative process in gerontogeriatrics

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i10.8991

Keywords:

Elderly; Teaching; University extension.

Abstract

Objective: to reflect on the contribution of experiences in university extension activities in the formation process of professionals in gerontogeriatrics and reflect on health technologies as teaching-learning strategies in extension activities with the elderly. Method: reflective study, based on conceptions about university extension and its contributions between higher education institutions and society, acting as a training space in the area of health care for the elderly. Results: the university extension shows itself as a tool positively capable of meeting all the perspectives related to critical-reflexive approaches operating among professionals in training and especially in the area of gerontology, which extends the most diverse forms of technologies to be used. Final Considerations: it seeks the modification of the formation curricula, including the health of the elderly as a fundamental discipline in the formation process, the training of the professionals acting, the wide dissemination of information related to the elderly person. As well as, the production of a structural basis to put into practice the academic activities created and executed with the elderly.

References

Andriolo, B. N. G., dos Santos, N. V., Volse, A. Alves., Fé, L. C. M., Amaral, A. R. C., do Carmo, B. M. S. S., Cortez, P. C., Guterres, D. S., Ferreira, L. B. Mont’A., & Carvalho, A. B. P. N. (2016). Avaliação do grau de funcionalidade em idosos usuários de um centro de saúde. Rev Soc Bras Clin Med, jul-set;14(3):139-44. Recuperado em 6 abril de 2020, de http://docs.bvsalud.org/biblioref/2016/10/2125/139-144.pdf

Araújo, S. N. M., Santiago, R. F., Barbosa, C. N. S., Figueiredo, M. L. F., Andrade, E. M. L. R,. & Nery, I. S. (2017). Tecnologias voltadas para o cuidado ao idoso em serviços de saúde: uma revisão integrativa. Revista electrónica trimestral de enfermaria. Piauí. N°46 abril, ISSN 1695-6141; 579-595. Recuperado em 6 abril de 2020, de http://scielo.isciii.es/pdf/eg/v16n46/pt_1695-6141-eg-16-46-00562.pdf

Brasil. Lei Nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996 (1996). Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF; 1996. Recuperado em 02 abril de 2020, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm

Carvalho, C. R. A., & Hennington, E. A. (2015) A abordagem do envelhecimento na formação universitária dos profissionais de saúde: uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Rio de Janeiro (RJ), 18(2):417-431. Recuperado em 06 abril de 2020, de https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v18n2/1809-9823-rbgg-18-02-00417.pdf

Cavalcante, Y. A., Carvalho, M. T. V., Fernandes, N. T., Teixeira, L. C., Moita, S. M. N., Vasconcelos J., & Moreira, A. C. A. (2019). Extensão Universitária como ferramenta no processo de ensino e aprendizagem na formação do enfermeiro. Revista Kairós-Gerontologia. 22(1):463-475. Recuperado em 24 março de 2020, de https://revistas.pucsp.br/kairos/article/view/45461

Chaves, C. J. A., Oliveira, E. P., Romagnani, P., & Erbano, C. P. (2019). Projetos de extensão universitária: um compromisso da Universidade com a inclusão social. Holos (Natal. Online), Ano 35. v. v. 2, p. 01-17. Recuperado em 24 março de 2020, de http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/

Farias, G. B. L., Rodrigues, R. S., & Cardoso, S. R. P. (2019). A extensão acadêmica como ferramenta para aprendizagem no Ensino superior. Holos [S.l.], Ano 35 v. 2, p. 1-15. ISSN 1807-1600. Recuperado em 24 março de 2020, de http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/9133

Ferreira, L. K., Meireles, J. F. F., & Ferreira, M. E. C. (2018). Avaliação do estilo e qualidade de vida em idosos: uma revisão de literatura. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol., Rio de Janeiro. 21(5): 639-651. Recuperado em 06 abril de 2020, de http://www.scielo.br/pdf/rbgg/v21n5/pt_1809-9823-rbgg-21-05-00616.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). (2015). Mudança demográfica no Brasil no início do século XXI: subsídios para as projeções da população. Rio de Janeiro: IBGE. 156p. Recuperado em 24 março de 2020, de https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv93322.pdf

Lima, V. S., Azevedo, N. A. A., Guimarães, J. M. X., Pereira, M. M., Agostinho Netto, J., Souza, L. M., Pequeno, A. M. C., & Sousa, M. S. (2019). Produção de vídeo educacional: estratégia de formação docente para o ensino na saúde. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde. abr.-jun.;13(2):428-38. Recuperado em 22 março de 2020, de https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/33800/2/17.pdf

Maniva, S. J. C. F., Carvalho, Z. M. F., Gomes, R. K. G., Carvalho, R. E. F. L., Ximenes, L. B., & Freitas, C. H. A. (2018). Tecnologias educativas para educação em saúde no acidente vascular cerebral: revisão integrativa. Revista Brasileira de Enfermagem, 71(Supl. 4), 1724-1731. Recuperado 24 abril de 2020, de https://www.scielo.br/pdf/reben/v71s4/pt_0034-7167-reben-71-s4-1724.pdf

Melo, P. O. C., Rozendo, C. A., Sobral, J. P. C. P., Brito, F. M. M. (2019). Formação para atuar com a pessoa idosa: percepção de enfermeiras da atenção primária à saúde. Enfermagem Foco. Recuperado em 24 março de 2020; 10(2):103-109. Universidade Federal de Alagoas, Maceió. Recuperado em 24 março de 2020, de http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/1948/529

Mendes, J,. Massi, G., Willig, M. H., Ziesemer, N. B., Da Silva, A. P. B. V., & De Carvalho, T. P. (2018). Representações sociais da velhice e do cuidado enunciadas por acadêmicos de fonoaudiologia e de enfermagem. Distúrbios da Comunicação, [S.l.], v. 30, n. 2, p. 402-410. ISSN 2176-2724. Recuperado 02 abril de 2020, de https://revistas.pucsp.br/dic/article/view/34912

Ministério de Saúde. (2006). Portaria n° 2528/GM, de 19 de outubro de 2006. Aprova a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa. Brasília, DF: Ministério da Saúde. Recuperado em 24 março 2020, de https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt2528_19_10_2006.html

Miranda, G. M. D., Mendes, A. C. G., & da Silva, A. L. A. (2016). O envelhecimento populacional brasileiro: desafios e consequências sociais atuais e futuras. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. Rio de Janeiro. Vol. 19 n°.3, 19(3):507-519. Recuperado em 06 abril de 2020, de https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v19n3/pt_1809-9823-rbgg-19-03-00507.pdf

Perez, C. F. A., Tourinho, F. S. V., & Júnior, P. M. C. (2016). Competências no processo de formação do enfermeiro para o cuidado ao envelhecimento: revisão integrativa. Texto Contexto Enfermagem, vol. 25 n°. 4, Florianópolis. Recuperado em 06 abril de 2020, de http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072016000300015

Pianosi, B., & Payne, H. (2014). The Professionalization of gerontology: a canadian perspective. Journal Educational Gerontology. Canada, vol. 40: p. 834–846. Recuperado em 08 abril de 2020, de https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/03601277.2014.904146?scroll=top&needAccess=true

Ribeiro, A. M., Garcia, R. A, & Faria, T. C. A. B. (2019). Baixa fecundidade e adiamento do primeiro filho no Brasil. R. bras. Est. Pop. Vol. 36, (1-18), São Paulo. Recuperado em 06 abril de 2020, de http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-30982019000100155&script=sci_arttext

Rodrigues, R. A., Bueno, A. A., Silva, L. M., Kusumota, L., Almeida, V. C., Giacomini, S. B. L., & dos Reis, N. A. (2018). O ensino de enfermagem gerontológica nas instituições públicas brasileiras de ensino superior. Acta Paul Enferm. 31(3):313-20. Recuperado em 24 março de 2020, de https://www.scielo.br/pdf/ape/v31n3/1982-0194-ape-31-03-0313.pdf

Sá, G. G. M., Silva, F. L., Santos, A. M. R., Silva, F. L., dos Santos, A. M. R., Nolêto, J. S., Gouveia, M. T. O., & Nogueira, L. T. (2019). Tecnologias desenvolvidas para a educação em saúde de idosos na comunidade: revisão integrativa da literatura. Revista latino-americana de enfermagem, vol. 27 Ribeirão Preto- São Paulo. Recuperado em 26 abril de 2020, de http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692019000100607.

Winters, J. R. F., Do Prado, M. L., & Heidemann, I. T. S. B. (2016). A formação em enfermagem orientada aos princípios do Sistema Único de Saúde: percepções dos formandos. Esc. Anna Nery. 20(2): 248-253. Recuperados em 24 março de 2020, de https://www.scielo.br/pdf/ean/v20n2/1414-8145-ean-20-02-0248.pdf

Published

16/10/2020

How to Cite

FERNANDES, D. de S.; SOUSA, S. M. L. .; LIMA , J. S. R.; TRINDADE, J. de J. Q. .; AMORAS, E. M.; GONÇALVES, L. H. T. University extension and its inluence on the formative process in gerontogeriatrics. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 10, p. e7219108991, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i10.8991. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/8991. Acesso em: 28 jun. 2022.

Issue

Section

Health Sciences