The process of leading under the influence of technology: Main potentialities and fragilities

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i5.14672

Keywords:

Leadership; Technology; Potentialities; Weaknesses.

Abstract

Introduction: Technology has impacted the lives of people and work organizations, directly or indirectly, influencing their relationships and productivity, in a positive and negative way, requiring leaders compatible with this evolution. Objective: To identify the influence of technology in the leadership process, as well as its strengths and weaknesses in the work context. Methodology: This is an integrative literature review, exploratory, descriptive, with a qualitative approach, which used articles, dissertations and e-books published between 2016 and 2020. The materials were extracted from SciELO, Google Scholar, Virtual Library of Fundação Getúlio Vargas and institutional repositories. Theoretical Discussion: From the selection, organization and analysis of scientific works it was possible to discuss the relationship between technology, society and the world of work; the main characteristics of the 21st century leader and the influence of technology; the main strengths and weaknesses of technology in the process of leading. Final Considerations: Technology can be considered as an influential means to enhance and / or weaken the performance of the leader and in the work process of organizations. The importance of its use in an ethical and humanized way is emphasized.

Author Biography

Rogério Carvalho de Figueredo, Universidade Federal de Goiás

Enfermeiro. Doutorando em Enfermagem. Mestre em Ciências da Saúde. Especialista em Micropolítica da Gestão e do Trabalho em Saúde. Especialista em Saúde Pública com ênfase em Saúde Coletiva e da Família.

References

Balsanelli, A. P. (2017). Liderança em enfermagem: Desafios e possibilidades. Acta Paulista de Enfermagem, 30(1), enero-febrero. https://www.redalyc.org/pdf/3070/307050739001.pdf

Besen, F., Tecchio, E., & Fialho, F. A. P. (2017). Liderança autêntica e a gestão do conhecimento. Gest. Prod., São Carlos, 24(1), 2-14. https://www.scielo.br/pdf/gp/v24n1/0104-530X-gp-0104-530X898-13.pdf

Bovério, M. A., Patino, M. T. O., Amorim, F. R. & Abreu, P. H. C. (2018). Análise dos impactos da tecnologia na organização do trabalho em uma empresa do setor têxtil. Ciências Sociais Aplicadas em Revista - UNIOESTE/MCR – 18(34), 1º sem.2018, 66-83. http://e-revista.unioeste.br/index.php/csaemrevista/article/view/19481/12689

César, L. G. D. & Neves, L. A. (2020). Atuação da gestão de pessoas no fortalecimento do comprometimento organizacional pós pandemia: a cultura organizacional como caminho. Revista Valore, Volta Redonda, 5 (edição especial): 192-205. https://revistavalore.emnuvens.com.br/valore/article/view/656/457

Cruz, M. T. S. & Neto, J. P. B. (2020). Impactos da inteligência artificial na gestão de pessoas. São Paulo: Tikibooks, 186 p.; Il. https://www.pucsp.br/sites/default/files/download/graduacao/cursos/administracao/livro-impactos-da-inteligencia-artificial-na-gestao-de-pessoas.pdf#page=14

Gabriel, M. (2018). Você, eu e os robôs: pequeno manual do mundo digital. São Paulo: Atlas.

Lin, X., Palazzo, B. & Yang, F. (2019). The risks of old capital age: asset pricing implications of technology adoption. Journal of monetary economics. June 13;12:25. https://doi.org/10.1016/j.jmoneco.2019.06.001

Mcgregor, A., Magee, C.A., Caputi, P. & Iverson, D. L. (2016). A job demands-resources approach to presenteeism. Career Development International, 21(4), 402-418. https://doi.org/10.1108/CDI-01-2016-0002

Mendes, K. D. S., Silveira, R. C. C. P. & Galvão, C. M. (2019). Uso de gerenciador de referências bibliográficas na seleção dos estudos primários em revisão integrativa. Texto Contexto Enferm. 28:e20170204. https://www.scielo.br/pdf/tce/v28/pt_1980-265X-tce-28-e20170204.pdf

Nascimento, L. F. & Bryto, K. K. C. (2019). A influência da liderança na produtividade organizacional: Estudo de caso na empresa Solus Tecnologia. Revista de Administração e Contabilidade da Faculdade Estácio do Pará – Belém 6(11), 31-44, jun. http://www.revistasfap.com/ojs3/index.php/rac/article/view/257/225

Neto, J. P. B. (2020). Gestão de pessoas 4.0: liderança e aprendizado diante da inteligência artificial e da Quarta Revolução Industrial. Impactos da inteligência artificial na gestão de pessoas. São Paulo: Tikibooks, 186 p.; Il. https://www.pucsp.br/sites/default/files/download/graduacao/cursos/administracao/livro-impactos-da-inteligencia-artificial-na-gestao-de-pessoas.pdf#page=14

Ribeiro, J. S. A. N., França, R., Corrêa, F. & Ziviani, F. (2019). Criação de valor para indústria 4.0: desafios e oportunidades para gestão do conhecimento e tecnologia da informação. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – ciki, [S. l.], 1(1). https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/693

Rocha, C. T. M. & Amador, F. S. (2018). O teletrabalho: conceituação e questões para análise. Cad. EBAPE.BR, Rio de Janeiro, 16(1) jan./mar. https://www.scielo.br/pdf/cebape/v16n1/1679-3951-cebape-16-01-152.pdf

Ronchi, C. C., Bandeira, N. P., Oliveira, R. D., Melo Júnior, J. S. M. & Carvalho, T. N. (2017). Resiliência e qualidade de vida: as reverberações discursivas no imaginário dos líderes. Latin American Journal of Business Management. Taubaté, SP. 8(2), 19-39, jul-dez. https://lajbm.com.br/index.php/journal/article/view/424

Roman, A. V., Van Wart, M., Wang, X. H., Liu, C., Kim, S. & Mccarthy, A. (2018). Defining E-leadership as Competence in ICT-Mediated Communications: An Exploratory Assessment. Public Administration Review, p.1–14. https://doi.org/10.1111/puar.12980

Silva, A. F. C., Martins, C. B. & Moreira, K. D. (2018). Impactos dos recursos tecnológicos, na atuação do secretário executivo, na organização de eventos científicos. Revista Capital Científico – 16(3). Jul/Set. https://revistas.unicentro.br/index.php/capitalcientifico/article/view/5269/pdf

Silva, J. L. A. (2020). Competências na Era Digital e Indústria 4.0: o gestor de tecnologia nos bancos brasileiros. Dissertação de Mestrado em Administração. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo – SP. https://tede.pucsp.br/bitstream/handle/23094/2/Jos%c3%a9%20Luiz%20Alves%20da%20Silva.pdf

Stocker, F. (2018). E-Leadership: reflexões e desafios da liderança empresarial contemporânea. Revista Expectativa, 17(2). http://saber.unioeste.br/index.php/expectativa/article/view/20493/13862

Teles, N. & Caldas, J. C. (2019). Tecnologia e Trabalho no Século XXI: uma proposta de abordagem. Cadernos do Observatório #12. Centro de Estudos Sociais. Universidade de Coimbra, Lisboa – Portugal. 12(Fevereiro de 2019), 33p. https://eg.uc.pt/handle/10316/87022

Vieira, K. L. S. S. (2019). Evolução tecnológica e a reestruturação do espaço. Revista Artigos.Com, 3(10 jul.) p. e1118, https://www.acervomais.com.br/index.php/artigos/article/view/1118

Published

26/04/2021

How to Cite

FIGUEREDO, R. C. de .; AMORIM, R. C. C. da S. .; SILVA, L. S.; SILVA, K. C. C. da .; CELESTINO, K. A. de A. .; ALVES, A. P. . The process of leading under the influence of technology: Main potentialities and fragilities. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 5, p. e4410514672, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i5.14672. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14672. Acesso em: 23 mar. 2023.

Issue

Section

Human and Social Sciences