What is the importance of Scientific Congresses? Conceptions of postgraduate students and professors of Chemistry from a public university

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i5.15098

Keywords:

Scientific congresses; Scientists education; Scientific communication.

Abstract

Understanding what students and professors of Chemistry think about Science and scientific work, both in terms of diagnosis and reflections on the education of future scientists. A little explored discussion in the literature is the importance of Scientific Congresses for academic formation in the opinion of members of this community. A qualitative research was carried out, in which were analyzed the answers of a group of subjects (postgraduate studentes and professors) given to some questions: Do you usually go to scientific congresses? What is the importance of scientific congresses in scientific education?. The analysis was developed using the Discursive Textual Analysis and it was possible to conclude that the majority prefer to attend specific congresses of the field, and most of them participate at least once a year, mainly with the purpose of identifying themes there are commonly presents in the researches and interacr with others researchers.

References

Antunes, E. P. (2017). Estudo das correlações entre a formação do pensamento sobre ciência e o desenvolvimento do espírito científico na trajetória da graduação à pós-graduação em Química. Dissertação de Doutorado, Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, SP, Brasil.

Antunes, E. P., Teixeira, Y. B. D. S., & Ferreira, L. H. (2020). A Importância da Atividade Científica: concepções dos produtores de conhecimento químico de uma universidade pública. Ciência & Educação (Bauru), 26. doi: 10.1590/1516-731320200044

Azevedo, J. K. N., et al (2020). Perfil docente do Campus VIII da Universidade Estadual da Paraíba: Ensino, pesquisa e extensão. Research, Society and Development, 9(9), e358997266-e358997266. doi: 10.33448/rsd-v9i9.7266

Bachelard, G. (2013). A Formação do Espírito Científico: contribuição para a psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Editora Contraponto.

Barreiro, M. P. R., et al (2021). El pensamento crítico y su evaluación en la educación universitaria. Research, Society and Development, v. 10, n.

, 1-6. doi: 10.33448/rsd-v10i3.13748

Cachapuz, A., Gil-Perez, D., Carvalho, A. M. P, Praia, J., & Vilches, A (2005). A Necessária Renovação do Ensino Das Ciências. São Paulo: Cortez.

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Diretoria de Avaliação, CAPES (2016). Considerações sobre classificações de eventos.

Campello, B. S. Eventos Científicos. In: Campello, B. S., Cendón, B. V., & Kremer, J. M (2000). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais (p. 52-68). Belo Horizonte: Ed. UFMG.

Chaui, M. A (2003). Universidade pública sob nova perspectiva. Rev. Bra. de Edu. (24), 5-15.

Fourez, G (1995). O método científico: a comunidade científica. In: ____. Construção das Ciências – Introdução à Filosofia e à Ética das Ciências (p. 91-102). São Paulo: Editora UNESP.

Francisco, C. A., & Queiroz, S. L (2008). The production of knowlegde of chemical education at the annual meetings of the Brazilian Chemical Society: a review. Química Nova, 31 (8), 2100-2110.

Hayashi, M. C. P. I., & Guimarães, V. A. L (2016). A comunicação da ciência em eventos científicos na visão de pesquisadores. Em Questão, 22 (3), 161-183. doi: 10.19132/1808-5245223.161-183

Jesus, P. B. R. de, et al. (2020). Planejamento e participação de evento científico online como recurso educacional e interativo no ensino EaD: um relato de experiência. Research, Society and Development, 9(9), e333997163-e333997163. doi: 10.33448/rsd-v9i9.7163

Kuhn, T. S (1975). A Estrutura das Revoluções Científicas. São Paulo: Editora Perspectiva.

Lacerda, A. L. de; et al (2008). A importância dos eventos científicos na formação acadêmica: estudantes de biblioteconomia. Revista ACB, 13 (1), 130-144.

Moraes, R., & Galiazzi, M. C. (2007). Análise Textual Discursiva. Rio Grande do Sul: Editora Unijuí.

Oliveira, M., & Alvarado, R. U. (2008). A comunidade científica da biblioteconomia e ciência da informação brasileira. Informação & Sociedade, 18 (1), 13-29.

Rodrigues, E. I., Carneiro, M. L. F., Ramon, L., & Marcon, K. (2020). Papel do Comitê Científico no ESUD: organização e procedimentos. EmRede-Revista de Educação a Distância, 7(1), 206-224.

Silva Junior, M. F., et al (2014). Iniciação científica: percepção do interesse de acadêmicos de odontologia de uma universidade brasileira. Saúde e Sociedade, 23, 325-335. doi: 10.1590/S0104-12902014000100026

Silveira, M. A. A. da, Bufrem, L. S., & Caregnato, S. E (2015). Scientific events, power relationships and practices of researchers. TransInformação, 27 (3), 199-208. doi: 10.1590/0103-37862015000300002

Schimidt, L., & Ohira, M. L. B. (2002). Bibliotecas virtuais e digitais: análise das comunicações em eventos científicos (1995/2000). Ciência da Informação, 31 (1), 73-97.

Spiess, M. R., & Mattedi, M. A. (2020). Eventos científicos: da Pirâmide Reputacional aos círculos persuasivos. Revista Sociedade e Estado, 35 (2), 441-471. doi: 10.1590/s0102-6992-202035020004

Universidade Estadual de Londrina (2018). Tabela de Pontuação Lattes. Disponível em: <http://www.uel.br/pos/psicologia/pages/arquivos/Formulario%20-%20Tabela%20Pontuacao%20Lattes%202018.pdf>. Acesso em: 12/04/2021.

Yin, R. K. (2016). Pesquisa qualitativa do início ao fim. 1. ed. Porto Alegre: Editora Penso.

Published

09/05/2021

How to Cite

TEIXEIRA, Y. B. da S.; ANTUNES, E. P. What is the importance of Scientific Congresses? Conceptions of postgraduate students and professors of Chemistry from a public university. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 5, p. e34910515098, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i5.15098. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15098. Acesso em: 3 feb. 2023.

Issue

Section

Education Sciences