Psychological preparation for dental treatment in children: A randomized clinical study

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i7.16414

Keywords:

Child psychology; Anxiety to dental treatment; Comprehensive child health care; Clinical procedures.

Abstract

Objective: to evaluate the psychological preparation in children submitted to dental treatment and to correlate anxiety and fear between children and their parents. Method: randomized clinical study with 26 children divided into two groups, a control group (CG) and an intervention group (IG). The randomized subjects in the IG went through psychological preparation, initially with the presentation of the office, materials and instruments, stimulating their manipulation and clarifying doubts and curiosities about the procedures. Subsequently, the instructional therapeutic toy (ITT) technique was used, first with the story telling “Tigger goes to the dentist” and, later, the subjects dramatized the dentist's role. The CG received the usual treatment at the clinic, based on the talk-show-do technique. Data were collected using two questionnaires, the Children’s Fear Survery Schedule Dental Subscale applied to children, and the CORAH scale applied to parents, both pre and post the procedure. Results: the IG initially presented an average in the anxiety and fear score of 29.1% and after the intervention of 21.5%, demonstrating statistical significance, the CG before the procedure obtained 27.3% and subsequently 23.2%. The classification of the level of anxiety decreased significantly in both groups, comparing the moments before and after, resulting in 88.5% with low level of anxiety and 11.5% with average level. There was no significant correlation between children's anxiety with their parents. Conclusions: it is evident that there are interdisciplinary strategies that reveal more humane paths in the production of health and education and the intervention of psychological preparation and ITT can be applied in other health environments.

References

Barbério, G. S. (2017). Confiabilidade e validade do questionário Children’s Fear Survey Schedule-Dental Subscale para avaliação do medo e ansiedade ao tratamento odontológico em crianças. Doutorado em Ciências Odontológicas Aplicadas, Universidade de São Paulo. Bauru, Brasil.

Berge, K. G., Agdal, M. L., Vika, M. & Skeie, M. S. (2017). Tretment of intra-oral injection phobia: a randomized delayed intervention controlled trial among Norwegian 10-to 16-year-olds. Acta odontológica Scandinavica, 7, 294-301

Bottan, A. M. B., Lehmkuhl, G. L. & Araújo, S. M. (2008). Ansiedade no tratamento odontológico: estudo exploratório com crianças e adolescentes de município de Santa Catarina. RSBO, 5 (1), 13-19.

Broering, C. V. & Crepaldi, M. A. (2018). Percepções e informações das mães sobre a cirurgia de seus filhos. Fractal, Rev. Psicol, 30(1), 3-11.

Broering, C. V., Souza, C. D., Kaszubowsi, E. & Crepaldi, M. A. (2018). Efeitos de preparações psicológicas pré-cirúrgicas sobre o estresse e a ansiedade de meninos e meninas. Acta colomb. Psicol, 21 (1), 217-227.

Cardoso, C. L. & Loureiro, S. R. (2005). Problemas comportamentais em crianças com ansiedade frente ao tratamento odontológico. Estudos de Psicologia, 22: 5-12.

Corah, N. L. (1968). Development of a dental anxiety scale. Department of Behavioral Science, School of Dentistry, State University of New York at Buffalo, Buffalo.

Costa Junior, A. L.(2002). Psicologia aplicada à odontopediatria: uma introdução. Estudos e pesquisas em Psicologia, 2 (2)

Cuthbert, M. I. & Melamed, B. G. (1982). A screening device: children at risk for dental fears and management problems. Journal of dentistry for children.

Ferreira, H. A. C. M. & Oliveira, A. M. G. (2016). Ansiedade entre crianças e seus responsáveis perante o atendimento odontológico. Rev. Odontol. Univ. Cid. 29 (1), 6-17.

Gomes, R. & Deslandes, S. F. (1994). Interdisciplinaridade na saúde pública: um campo em construção. Rev Lat Am Enfermagem, 2 (2), 103-114.

Hass, M. G. M., Oliveira, L. J. C. & Azevedo, M. S. (2016). Influência da vestimenta do cirurgião-dentista e do ambiente do consultório odontológico na ansiedade de crianças pré-escolares durante consulta odontológica: resultados de um estudo piloto. RFO UPF, 21 (2), 201-207.

Kanegane, K., Penha, S. S., Borsatti, M. A. & Rocha, R. G. (2003). Dental anxiety in na emergency dental servisse. Rev saúde pública, 37 (6), 786-792

Martins, L. M. (2013). O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. Campinas: Autores Associados

Martins, R. J., Belila, N. M., Garbin, C. A. S. & Garbin, A. J. I. (2017). Medo e ansiedade dos estudantes de diferentes classes sociais ao tratamento odontológico. Arch Health Invest, 6 (1), 43-47.

Melo, R. B., Lima, F.C., Moura, G. M., Silva, P. B. G., Gondim, J. O. & Moreira-Neto, J. J. S. (2015). Avaliação da relação entre procedimentos odontológicos e comportamento infantil. Rev. Odontol. Bras. Centra, 24 (68), 20-25.

Moreira, K. M. S., Imparato, J. C. P., Teixeira, K. B., Reis, J. B., Navarro, R. S. & Drugowick, R. M. (2015). Ansiedade do responsável em relação ao atendimento odontopediátrico. Rev. Assoc Paul Cir Dent, 69 (2), 135-141

Pasqualini, J. C. (2013). Periodização do desenvolvimento psíquico à luz da escola de Vigotski: a teoria histórico-cultural do desenvolvimento infantil e suas implicações pedagógicas. In: Marsiglia ACG, ed. Infância e pedagogia histórico-crítica. (4a ed.), 71-97, Autores associados

Perônio, T. N., Silva, A. H. & Dias, S. M. (2019). O medo frente ao tratamento odontológico no contexto do Sistema Único de Saúde: uma revisão de literatura integrativa. BBO, 29 (1), 37-43.

Pessoas, A. V. C., Santos, A. F., Cruz, D. S. M., Marques, D. K. A. & Lubenow, J. A. M. (2018). Brinquedo terapêutico: preparo de crianças em idade pré-escolar para punção venosa. Rev ciências da saúde Nova Esperança. 16 (1), 64-72.

Pino, A. (2004). Ensinar-aprender em situação escolar: perspectiva histórico-cultural. Contrapontos, 4 (3), 439-460.

Pontes, J. E. D, Tabet, E., Folkmann, M. A. S., Cunha, M. L. R. & Almeida, F. A. (2016). Therapeutic play: preparing the child for the vaccine. Einstein, 13 (2), 238-242

Sanshotene, M.C., Reis, A. C. M., Bolsson, G. B., Pereira, K. C. R., Carpes, A. D. & Santos, B. Z. (2017). Ansiedade, estresse e fatores associados na clínica odontológica infantil. Disciplinarum Scientia, 18 (1), 39-57.

Sigaud, C. H. S., Santos, B. R., Costa, P., Tiriyama, A. T. M. (2016). Promoção da higiene bucal de pré-escolares: efeitos de uma intervenção educativa lúdica. Rev. Bras Enferm, 70 (3), 545-51

Silva, L. F. P., Freire, N. C., Santana, R. S. & Miasato, J. M. (2016). Técnicas de manejo comportamental não farmacológicas na odontopediatria. Rev. Odontol, 28 (2), 135-142

Soares, F. C., Lima, D. S. M., Barreto, K. A. & Colares, V. (2015). A ansiedade odontológica em crianças e os fatores associados: revisão de literatura. Psicologia, Saúde & Doenças, 16 (3), 373-385.

Tomé, M. S. S., Neto, R. S. M., Alencar, A. A., Alves, I. F. S., Lopes, K.S. & Carneiro, S. V. (2019). Avaliação da ansiedade dos pais e/ou responsáveis frente ao tratamento odontológico em crianças. Braz. J. Srug. Clin. Res, 25 (1), 13-16

Torriani, D. D., Teixeira, A. M., Pinheiro R., Goettems, M. L. & Bonow, M. L. M. (2008). Adaptação transcultural de instrumentos para mensurar ansiedade e comportamento em clínica odontológica infantil. Arq.Odontol, 44 (4), 17-23.

Tovo, M. F., Faccin, E. S. & Vivian, A. G. (2016). Psicologia e odontopediatria: contextualização da interdisciplinaridade no Brasil. Alethéia, 49 (2), 76-88

Viera, C. S. (2020) Técnicas de enfermagem em pediatria. In: Collet, N., Oliveira, B. R. G. & Viera, C. S. Manual de enfermagem em pediatria. (2a ed.), 139-279, Goiânia: AB

Vigotskii, L. S. (2001). Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: Vigotskii, L. S., Luria, A. R. & Leontiev, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. (7a ed.), 103-117, Ícone

Downloads

Published

18/06/2021

How to Cite

PELIZZONI, A. V.; VIERA, C. S. .; COELHO, R. T. .; SOUZA, M. D. B. de .; HOSHI, A. .; POPIOLEK, I. M. .; VALE, N. G. do .; FAHS, A. H. .; WALIGURA, L. R. R. .; BRUSCO, B.; GAIARDO, L. .; NASSAR, C. A. .; NASSAR, P. O. . Psychological preparation for dental treatment in children: A randomized clinical study. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 7, p. e19910716414, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i7.16414. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/16414. Acesso em: 21 jun. 2024.

Issue

Section

Health Sciences