Drug intoxication the role of the pahrmacist: A literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v12i12.44046

Keywords:

Medication poisoning; Pharmacist; Prevention; Illnesses.

Abstract

This article addresses the issue of medication poisoning in Brazil, with a special focus on the Southern region. The research revealed a high number of cases of medication poisoning, with women and individuals between 20 and 39 years old being the most affected. Suicide attempts were identified as the primary cause of medication poisoning. The study emphasizes the crucial role of pharmacists in the prevention and management of these poisonings, highlighting the importance of their expertise in medication knowledge. Ease of access to medications, self-medication, and lack of proper information regarding dosage and administration were identified as contributing factors to medication poisoning. Additionally, the research highlights the influence of advertising and the complexity of some medication formulations as factors contributing to the problem. The data shows that medication poisoning is a significant public health issue in Brazil, with a substantial social and economic impact. Adequate preventive strategies, the integration of pharmacists into multidisciplinary teams, and health education are crucial to reducing the rates of medication poisoning and promoting responsible medication use. The research also underscores the need for public policies targeting at-risk groups to prevent suicide and raise awareness about the dangers of self-medication. In summary, medication poisoning represents a significant challenge for public health in Brazil, and the role of pharmacists plays a fundamental role in mitigating this problem.

Author Biography

Claudinei Mesquita da Silva , Centro Universitário Assis Gurgacz

Mi

References

Arrais, P. S. D., et al. (2016). Prevalence of self-medication in Brazil and associated factors. Revista de Saúde Pública, 50(2). [http://www.rsp.fsp.usp.br/wp-content/uploads/articles_xml/0034-8910-rsp-s2-S01518-87872016050006117/0034-8910-rsp-s2-S01518-87872016050006117- pt.x34413.pdf](http://www.rsp.fsp.usp.br/wp-content/uploads/articles_xml/0034-8910-rsp-s2-S01518-87872016050006117/0034-8910-rsp-s2-S01518-87872016050006117- pt.x34413.pdf)

Brasil. Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo. (2015). Manual de Orientação ao Farmacêutico: Lei nº 13.021/2014 e Valorização Profissional. Grupo Farmácia Estabelecimento de Saúde.

Brasil, Ministério da Saúde. (2022). Banco de dados do Sistema Único de Saúde-DATASUS. http://www.datasus.gov.br

Calderari, W. J. U. (2017). Intoxicação Medicamentosa: A Atuação do Farmacêutico. Faculdade de Educação e Meio Ambiente. Ariquemes – RO.

Dallágnol, R. S. A. (2004). Identificação e quantificação dos problemas relacionados com medicamentos em pacientes que buscam atendimento no serviço de emergência no HCPA. Porto Alegre.

Figueiredo, N. M. A. (2012). Métodos de revisão da literatura: o estado da arte. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental, (7), 81-88.

Gonçalves, C. A., et al. (2017). Intoxicação medicamentosa: relacionada ao uso indiscriminado de medicamentos. Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, 34(8), 135-143.

Gretzler, V. S., et al. (2018). Atuação do farmacêutico no URM e na prevenção de intoxicação medicamentosa. Rev Cient FAEMA: Revista da Faculdade de Educação e Meio Ambiente - FAEMA, 9, n547-550.

Mathias, T. L., et al. (2019). Tendências de eventos toxicológicos relacionados a medicamentos atendidos por um Centro de Informações Toxicológicas. Revista brasileira de epidemiologia.

Matos, J. F., et al. (2018). Prevalência, perfil e fatores associados à automedicação em adolescentes e servidores de uma escola pública profissionalizante. Cad. saúde coletiva.

Mattos, P. C. (2015). Tipos de revisão de literatura. Unesp, 1-9.

Moradi, M., Ghaemi, K., & Mehrpour, O. (2016). A hospital-based epidemiology and pattern of acute adult poisoning across Iran: a systematic review. Electronic Physician, 8(7), 2655–2661.

Mowry, J. B., et al. (2015). 2014 annual report of the American Association of Poison Control Centers’ National Poison Data System (NPDS): 32nd annual report. Clinical Toxicology, 53(10), 962-1147.

Nóbrega, H. O. S., Costa, A. M. P., Mariz, S. R., & Fook, S. M. L. (2015). Intoxicações por medicamentos: uma revisão sistemática com abordagem nas síndromes tóxicas. Revista saúde e ciência online, 4(2), 109-119.

Oga, S., Camargo, M. M. A., & Batistuzzo, J. A. O. (2014). Fundamentos de Toxicologia (4a ed.). Atheneu Editora.

Olson, K., et al. (2013). Manual de Toxicologia Clínica (6a ed.). Artmed.

Oliveira, J. F. M., et al. (2017). Tendência da mortalidade por intoxicação medicamentosa entre gêneros e faixas etárias no estado de São Paulo, Brasil, 1996-2012. Ciência & Saúde Coletiva, 22(4), 1265-1274.

Pereira, J. R., Soares, L., et al. (2009). Riscos da automedicação: Tratando o problema com conhecimento. Universidade da região de Joinville – UNIVILLE.

Santana, K. S. (2017). O Papel do Profissional Farmacêutico na Promoção da Saúde E do Uso Racional de Medicamentos. Faculdade de Educação e Meio Ambiente. Ariquemes – RO.

Santos, M. G., Carreira, C. F. S., Farias, S. R. S., & Canavieiras, S. A. (s.d.). A importância do profissional farmacêutico na farmacovigilância. Centro de Ciências da Saúde/Departamento de Ciências Farmacêuticas/PET XI Encontro de Iniciação à Docência. UFPB-PRG Anais eletrônicos.

Sereno, V. M. B., et al. (2020). Perfil epidemiológico das intoxicações por medicamentos no Brasil entre os anos de 2013 a 2017. Brazilian Journal of Development, 6(6), 33920-33931.

Silva, V. T., Coelho, L. M. M., Santos, D. B., Martins, L. S., & Santos, G. B. (2021). Intoxicação por medicamentos: uma revisão de literatura com abordagem no tratamento. Revista Eletrônica Acervo Científico, 23, e6781.

Sinitox. (2016). Sistema Nacional de Informações Tóxico Farmacológicas. Dados de Intoxicação Regionais de 2008 a 2013. https://sinitox.icict.fiocruz.br/dados-nacionais.

Sinitox. (2020). Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacologicas [SINITOX]. https://sinitox.

Published

19/11/2023

How to Cite

FIORENTIN, M. P. P. .; SILVA , C. M. da .; PEDER, L. D. de . Drug intoxication the role of the pahrmacist: A literature review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 12, n. 12, p. e114121244046, 2023. DOI: 10.33448/rsd-v12i12.44046. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/44046. Acesso em: 29 may. 2024.

Issue

Section

Health Sciences