Occurrence of self-reported enrollment with disabilities at the Universidade Federal do Pampa

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i10.8682

Keywords:

Inclusion policies; Disabled people; Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

Abstract

The aim of this paper was the investigation about enrollment of self-reported students with disabilities (PWD) at the Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) with the perspective of supporting future studies and inclusion policies. The methodology consisted of reflections from the data compilation to the selection process, from 2006 to 2018, they are obtained from the Pro-rectory of Graduation of UNIPAMPA and its websites. The results represent the occurrence of enrollments of self-declared enrollees PWD, in relation to the total number of enrollments in UNIPAMPA, for the period from 2006 to 2018, corresponds to 8.64%.In this context, it should be noted that in the period from 2011 to 2014, the self-reported enrollment PWD rate, in relation to the total number of enrollments was 7.40%. This event is attributed to affirmative action policies of UNIPAMPA, with quotas system for candidates with disabilities. It has started in 2015, there was a significant decrease in this index, where UNIPAMPA started to offer 3,120 total vacancies, with 2.02% of these vacancies to self-declared PWD according to the Term of Acceptance to the Student Selection System (SiSU). Considering the above, it is possible to conclude that national inclusive public policies gave access to higher education, including in UNIPAMPA. However, the challenges remain for public policies that regulate teacher education, development and didactic-pedagogical accompaniment of demands of teaching the subject matter.

Author Biographies

Carlos Eduardo Benites Fagundes, Sistema Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC

Licenciado em Ciências da Natureza pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Campus Uruguaiana, orientado pela professora Dr.ª Maristela Cortez Sawitzki no trabalho de conclusão de curso intitulado Ocorrência de Matrículas de Ingressante Autodeclarado com Deficiência na Universidade Federal do Pampa. Especialista em Atendimento Escolar Especializado (Faculdade de Educação São Luís). Atualmente cursando PPG Educação em Ciências Química da Vida e Saúde (Mestrado), pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) Campus Uruguaiana. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial e Inclusiva, Ensino Lúdico e Gestão Escolar. Integrante do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Práticas de Ensino (GIPPE), liderado pelo professor Dr. Rafael Roehrs.

Maristela Cortez Sawitzki, Universidade Federal do Pampa

Graduação em Ciências - Lic. Plena em Química pela Universidade de Ijuí - UNIJUÍ(1992). Mestrado em Ciência e Tecnologia dos Alimentos pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM (2000). Doutorado em Ciência dos Alimentos pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2007). Tem experiência na educação básica (1982 a 2003) e no ensino superior (desde 1992) desenvolvendo atividades de docência, gestão (Pró-reitora Adjunta de Graduação; Coordenação de curso de graduação e de pós-graduação), pesquisa e extensão. Atua e tem experiência na área de ensino de ciências da natureza (química, metodologia e didática do ensino, experimentação) e ciência e tecnologia de alimentos: Controle de qualidade, legislação e segurança dos alimentos; Biotecnologia e processos fermentativos; Microbiologia e Tecnologia de Produtos de Origem Animal (Tecnologia de Carnes e Leite).

Mariana Nicorena Morari, Universidade Franciscana

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Franciscana (2018). Possui especialização em Projetos de Arquitetura e Urbanismo em Áreas de Interesse Cultural (2020) e atualmente cursa especialização em Patrimônio Arquitetônico e Urbano pela Faculdade Unyleya. Desde 2018 trabalha como arquiteta e urbanista no escritório AG Arquitetura e Planejamento. Atualmente tutora presencial do curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Norte do Paraná. 

Rafael Roehrs, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade de Santa Cruz do Sul (2000), mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004) e doutorado em Química pela Universidade Federal de Santa Maria (2009). Atualmente é professor no curso de Ciências da Natureza - Licenciatura, no Programa de Pós-Graduação em Bioquímica e no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Universidade Federal do Pampa. É Líder do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Prática de Ensino (GIPPE) e membro do Laboratório de Estudos Físico-Químicos e Produtos Naturais (LEFQPN). Na área de Química Analítica, orienta principalmente nas áreas de fitorremediação, desenvolvimento e validação de métodos analíticos cromatográficos, em análise por cromatografia de neurotransmissores, pesticidas e seus metabólitos, compostos do metabolismo secundário de plantas. Na área de Ensino de Ciências, orienta sobre game e gamificação, planejamento colaborativo e atividades lúdicas em química.

References

Amiralian, Maria Lúcia Toledo Moraes; Pinto, Elizabeth B.; Ghirardi, Maria IG; Lichtig, Ida; Masini, Elcie FS & Pasqualin, Luiz. (2000). Conceituando deficiência. Revista de Saúde Pública, São Paulo, 34(1), 97-103. https://doi.org/10.1590/S0034-89102000000100017 .

Barbosa-Lima, Maria da Conceição de Almeida & Gonçalves, Carla de Oliveira. (2014). O ensino não formal e a formação de um professor de física para deficientes visuais. Revista Ensaio, Belo Horizonte, 16(2), 167-183. https://doi.org/10.1590/1983-21172014160209 .

Brasil. Decreto Nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999. Regulamenta a Lei no 7.853, de 24 de outubro de 1989, dispõe sobre a Política Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência, consolida as normas de proteção, e dá outras providências. (1999). Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/D3298.htm

Brasil. Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. (1996). Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9394.htm

Brasil. Decreto nº 5.296 de 2 de dezembro de 2004. Regulamenta as Leis nos 10.048, de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências. (2004). Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5296.htm

Brasil. Lei Nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências. (2012). Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12711.htm

Brasil. Lei Nº 13.409, de 28 de dezembro de 2016. Altera a Lei Nº 12.711, de 29 de agosto de 2012, para dispor sobre a reserva de vagas para pessoas com deficiência nos cursos técnicas de nível médio e superior das instituições federais de ensino. (2016). Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/Lei/L13409.htm

Delgado-Pinheiro, Eliane Maria Carrit & Omote, Sadão. (2010). Conhecimento de professores sobre perda auditiva e suas atitudes frente à inclusão. Revista CEFAC – Speech, Language, Hearing Sciences and Education Journal. São Paulo, 4(12), 633-640, https://doi.org/10.1590/S1516-18462010005000024 .

Lima, Priscila Augusta. (2006). Educação Inclusiva e igualdade social. São Paulo: Avercamp.

Oliveira, Cristina Borges de. (2013). Jovens deficientes na universidade: experiências de acessibilidade. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, 18(55), 961-984, https://doi.org/10.1590/S1413-24782013000400009 .

PieczkowskI, Tania Mara Zancanaro. (2016). Avaliação da aprendizagem de estudantes com deficiência na educação superior. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, 97 (247), 583-601, https://doi.org/10.1590/s2176-6681/269030614 .

Reis, Linda G. (2010). Produção de monografia da teoria à prática: o método educar pela pesquisa. 3ª ed., Brasília: Senac-DF.

Unipampa. Editais. Recuperado de http://www.unipampa.edu.br/portal/documentos/cat_view/39-editais?start=460

Published

21/10/2020

How to Cite

FAGUNDES, C. E. B.; SAWITZKI, M. C.; MORARI, M. N.; ROEHRS, R. Occurrence of self-reported enrollment with disabilities at the Universidade Federal do Pampa. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 10, p. e8409108682, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i10.8682. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/8682. Acesso em: 15 aug. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences